25 janeiro 2016

OSCAR: QUANDO OS DRAMAS SE TRANSFORMAM EM CAUSAS.

  Enquanto o mundo for machista, mulheres atuantes na luta por igualdade de direitos com os homens, serão chamadas de feministas. 

 "Cavalheiros" levantam-se das cadeiras, para as "damas" sentarem. Levantam? Ah que beleza. E quando levantarão do trono do poder de decisão social para que sentemos nós? Jamais. É confortável demais, estão ali faz tanto tempo que é como se fosse uma coisa só. Portanto precisam ser içados desse lugar, à força.

.                                                      AS SUFRAGISTAS
   É o que mostram os filmes: "Carol" de Todd  Haynes , ambientado no inicio da decada de 50 em NY, , "Mustang", de Deniz Ganze Erguven, ( Titulo em Portugues "As Cinco Graças") , na Turquia contemporânea e "As Sufragistas", de Sarah Gravon, na Inglaterra do inicio do século XX.

                                                        CINCO GRAÇAS
   Os filmes são três dramas, mas também, o relato de três lutas por causas mais do que justas. Carol conta a vida de uma mulher casada ( Cate Blanchett) , que por se assumir lésbica, é processada pelo marido que quer lhe tirar a guarda da filha. Como decidir entre a liberdade de ser quem é , e  a maternidade?  Em "As Sufragistas", mulheres trabalhadoras lutam pelo direito de voto, de uma forma  expressiva, contundente, com toda a forma e sacrifícios que isso implica. A personagem principal, Maud, ( Carey Mulligan) também fica sem seu filhinho. Mostrando que a maternidade e a liberdade, rimam mas,  por incrível que pareça, ainda não combinam. Como se a escolha entre uma coisa e outra fosse não só necessária como inevitável. Em Mustang, é a comunidade cheia de pudores que dita as regras de comportamento para meninas tão jovens e lindas e desgraçadas por um destino que é sina, daqueles que ainda dizem:ser mulher é sofrer em qualquer circunstancia por que o mundo ainda é dos homens, ainda mais naquele lugar....

Assisti também "A Garota Dinamarquesa",história do primeiro homem a tentar uma cirurgia transsexual. Muito bom ator e atriz.Lindos cenários. Vi Leonardo di Caprio no Regresso. Não adorei o filme. Fotografia linda sim. E acho que ele leva o premio por que se esforçou bastante  e eu personagem é amigo dos indios. Isso é sagrado.... . E o super comovente "O Quarto de Jack".Surpreendente também, que em condições tão adversas uma mãe pode ser mãe, um filho pode se constituir como sujeito. Tudo deu certo mesmo nas barbas da miséria humana mais miserável, que é a miséria da alma. História de sequestrador barra pesada. 

                                                  O QUARTO DE JACK
Recomendo todos esses Tina(  de quem sou personal para filmes,mas ela está em Paris, vendo em Frances essas horas... boa viagem Tina!!!). Uma safra bem boa de filmes. Estou  com os 8 Odiados ainda sem disposição. Quando assistir, acrescento aqui.

Beijos e muita pipoca light para vocês.
    



imagens de publicidade dos filmes encontradas no Google

09 janeiro 2016

Quantos. Será que dá tempo de eu ler todos os livros que você já leu?

 


 






       Olhando minha estante,  ela pergunta: você já leu todos esses livros? Sim e não, respondo. Não são romances, está vendo? São livros de estudo. As vezes abrimos uma parte para estudar, e o livro inteiro não interessa naquele momento, mas em outro, sim. São livros para consultar a vida inteira.
    Será que dá para eu ler todos esses livros no tempo de vida que me resta? Sim. Claro que sim, digo. É só você ter interesse pelo assunto, se dedicar, ter concentração. Consegue sim,
    Estudar é tão importante para manter a memória, a atenção, a observação. Faz bem para a saúde. Ler faz bem à saúde. Livros as vezes curam. E curam de tudo mesmo.
    É sempre tempo. Me admiro de pessoas com uma vida de hábitos  refinados até, mas que nunca tenham lido um livro sequer. Precisam viver a experiência, que pode até ser parecido com entrar em um quarto escuro e avistar um longo corredor até outro cômodo que vai dar fantasticamente no lado oposto do mundo, e ter a coragem de se aventurar.
       Na dúvida,  leia. Não tem o que fazer? Leia. Mesmo que seja um livro de receitas. Hum, que delicia. Quanta coisa para aprender. Mesmo que seja um livro sobre carros, motores... tem figuras? Ótimo. Aprende-se mais alguma coisa.
      Até o dia em que um romance lhe caia bem. Que a capacidade do escritor lhe traga um imenso prazer, só de ver como é capaz de dizer bonito as coisas da vida. De pensar e sentir como você jamais havia imaginado antes. É esse corredor se alagando em sua cabeça. Quanta coisa que eu não sabia,  e agora está na minha frente. À minha volta.
      Até que se possa quem sabe, ler no idioma original, caso seja diferente do seu, para que tenha essa linda sensação,  sem um tradutor como intermediário. É você e o escritor, naquela relação tão íntima quanto sagrada.
     É isso, em 2016 desejo que nós,  humanos do mundo inteiro,  possamos ler mais. Com mais tempo para esse prazer,  mais dinheiro para comprar livros, com uma boa biblioteca por perto que se possa partilhar, com mais curiosidade  por todas as coisas que compõem aquilo que chamamos de vida. Com mais desejo que impulsiona para frente e nos faz acreditar que não vai ser mais uma página,  apenas. E sim uma parte importante de um todo maior. Feliz leitura.  Tudo de bom. E quer saber? Sempre dá tempo.


foto encontrada no Google: estantewordpress


12 dezembro 2015

Amanhã! Redobrada a força, pra cima que não cessa...

Gosto muito dessa letra e dessa música. E penso que esperança embora pareça piegas,canônica ou seja lá o que a patrulha de plantão quiser denominar, é um conceito que todo mundo deve ter, tem e finge que não tem. Por que se não tiver mesmo, fica difícil. Fé na vida não tem nada que ver com religião institucionalizada. É simplesmente o ato de acordar todos os dias e pensar que hoje será melhor do que ontem, se ontem não foi tão bom assim, e se foi,  também.Vamos em frente.Todos, humanos, humildes, gente. Temos que nos assujeitar a nossa humanidade né não? Quem é o super homem ai levanta a mão. Ou totalmente indiferenciado.... enfin, mes enfants, bonne nuit!



Amanhã
Guilherme Arantes

exibições
430.732
Amanhã!
Será um lindo dia
Da mais louca alegria
Que se possa imaginar
Amanhã!
Redobrada a força
Prá cima que não cessa
Há de vingar
Amanhã!
Mais nenhum mistério
Acima do ilusório
O astro rei vai brilhar
Amanhã!
A luminosidade
Alheia a qualquer vontade
Há de imperar!
Há de imperar!

Amanhã!
Está toda a esperança
Por menor que pareça
Existe e é prá vicejar
Amanhã!
Apesar de hoje
Será a estrada que surge
Prá se trilhar
Amanhã!
Mesmo que uns não queiram
Será de outros que esperam
Ver o dia raiar
Amanhã!
Ódios aplacados
Temores abrandados
Será pleno!
Será pleno!

https://letras.mus.br/guilherme-arantes/46300/