22 novembro 2015

HOJE É DIA DO TIO. PARABÉNS TIO LUIS !!!

PARA O TIO  (escrito semana passada)
Sabe, hoje estou cansada. Mesmo. De lidar sempre com umas questões meio sem fim. E não por mim. Mas enfim, lembrei do meu tio Luis.  Como não lembraria?
Um dia estive muito mais cansada. Exausta e desamparada. Com montes de “tubarões” rondando aquilo que parecia ser uma preciosidade e me enchia de culpa por não saber tocar: um negócio. Chamava as pessoas erradas, fazia eu tudo errado, não entendia de contabilidade. Um caos.

Foi ai que passei o primeiro de muitos Natais criativos. Onde não mais a família de origem...o que? – era o núcleo central, aquela que te convidava de braços abertos ou vinha até sua casa de braços abertos. Agora era preciso descobrir o Natal onde quer que fosse, para que eu, cuidando de minha filha ainda com sonhos de Hohoho Papai Noel, não a decepcionasse.

Fui para o Rio de Janeiro, ficar com uma tia muito querida, em sua casa no Leblon. E nessa animação, fui visitar meus tios que moram em Niterói. Ali marquei um ponto na minha felicidade, de verdade.
Esses tios são muito acolhedores. Não quero dizer com isso que minha tia do Leblon seja menos. Nada disso. Mas quem é que não quer num momento de carência profunda encontrar algo parecido com papai e mamãe?  Eu estava com um baita de um problema, e tão aturdida, conformada, e sem saber o que fazer. Dívidas, muitas. Acumuladas não por mim. Mas por minha imensa burrice de não fazer uma auditoria nas contas do negócio antes de me jogar e achar que ia “ganhar”. Ou seja, ir pra frente.

No máximo da marcha ré, visitei meus tios em Niterói.  E meu tio Luis se propôs a vir a São Paulo me ajudar a tocar o lance. E ai o retrato falado do antigo dono ficou mais nítido... Mas meu tio Luis estava ali para me proteger. E isso fazia qualquer coisa parecer mais suportável. Ele que sempre teve negócios os mais diversos, sabe bem melhor que eu , da arapuca em que me meti.

Foram muitos meses tentando consertar a lambança e a má fé do alheio. Tirando as cascas de banana do caminho. Conversando com funcionários. Indo ao SENAC em busca de gente boa. Verificando contabilidade. Até que ele me disse: não dá. Isso não dá, já não deu. Você pegou um negócio bichado.

Mas sabe, naqueles meses uma alquimia tinha se processado em mim. Encontrei nesse tio um apoio tão irrestrito, dessas coisas difíceis de acontecer na vida da gente. Uma dedicação, uma torcida por mim. Que minha alma – moral ou imoral-Ah que peça linda da Clarice Niskier e Nilton Bonder- estava lavada.

Meu tio me mostrou como é bom ter um pai bacana. Um marido honesto, exemplo de casal ele e minha tia. E mesmo mostrou sem deixar dúvidas, que sobrinha também ocupa um lugar nobre no coração familiar. Mesmo. Minha filha ainda ganhou um avô querido, nessa história, tudo de bom.
               Foto de 2012: Tio Luís, nosso querido
                          e  Anna.

E portanto, tenho por ele minha mais profunda gratidão. Nem sempre falo no assunto. Mas como resistir quando chegar perto de seu aniversário?

Obrigada meu Tio Luis, por me fazer acreditar, por ter me dado muita bronca por minha ingenuidade, por ter me ajudado a acertar muita coisa. Por ter conseguido dar um fim digno naquilo. Que me deixou sem nada, mas pelo menos, com poucas dívidas, depois de muita batalha no final.

Mas fosse qual fosse o enredo: negócio, divórcio, criação de filhos, o fato é que meu tio estava ali. Do meu lado. Nas mínimas coisas: mostrando para o sindico que minha garagem era a menor do prédio – vamos pintar novamente essa divisão agora mesmo!!! E tudo funcionou.  Importante solidez de caráter. Que os felizardos dos meus primos sempre puderam contar.

Hum a galinha do vizinho é sempre a mais gorda? No meu caso, certamente que sim. Até nos quilinhos extra do meu anjo da guarda: olha a dieta ai tio Bagé! Comedor inveterado de bananas( bom pra câimbra e memória, diz ele) e de todos os bombons que por ventura estivessem espalhados pela casa no meio da noite. O tio dorme pouco. E pensa muito.


                Esta caixa contém a realização de
                     todos os seus sonhos.


Muito obrigada, por esse pensamento organizado que me ajudou a juntar os papéis... quer dizer, documentos
Que seu  DIA FELIZ E UM ANO NOVO, QUE COMEÇA AGORA, CHEIO DE BOAS SURPRESAS. VOCÊ MERECE!!!

       
                            Esse bolo é vermelho feito um coração mas te dou a palavra
                           de que é feito com recheio de bombons da Nestlé. Ah aquela
                                                    caixinha...

                                                          Hehehehehehehehe

Ps: um dia eu conto a biografia desse tio. Por que garanto a vocês que sua história absolutamente não se resume as coisas boas que fez para mim, que foram muitas. Mas ele é feito papai Noel, espalha beneficios por ai, como diria Caetano...

Ps2: Estamos precisando de você tio. Mas, como sabemos que podemos contar com você, já alivia tanto. Você nem precisa vir. Bjossss!!!! Feliz Aniversário!!!! Vida longa!!!!


Imagem de bolo e presente encontrados no Google. Se for sua, coloco os creditos ou retiro as fotos, se preferir. Blog sem fins lucrativos. Grata.


0 comentários:

Postar um comentário


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.