15 novembro 2014

A vida é fatal.

John Giorno. Daqueles que falam que o rei está nú. Mesmo se estiver vestido. De fato, por trás da roupa, tem o nú. De toda forma, embora as frases sejam verdadeiras- quando se almeja um ideal, tudo é tão decepcionante.  E a vida é assassina? A vida é a vida. No final todo mundo morre. Mas podemos durante a nossa, fazer dela uma obra de arte. É o caso de ir tentando, todos os dias.
Os franceses costumam brincar, como disse meu cunhado, "  a vida é fatal e transmissível sexualmente". Gosto mais dessa versão brincalhona de como a vida é.
Um pouquinho de paz, mesmo com tanta guerra interior, um pouquinho de amor, mesmo com tanto ódio em volta. Um pouquinho de auto conhecimento, mesmo com tanta alienação. E se der sorte, tudo isso em abundância. É o que desejo a todos. Um brinde a vida.

0 comentários:

Postar um comentário


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.