12 agosto 2014

Sinônimos de Amor em "Mulheres Também Gostam de Contar"

      A vida ensina o tempo todo. E as vezes também nos surpreendemos com as experiências das outras pessoas. Se estivermos atentos, sempre.
     Escrever "Mulheres Também Gostam de Contar", me trouxe um lindo aprendizado: quem viveu quer contar, dar conhecimento, compartilhar. Mas não apenas no sentido da brincadeira, da piada que inicia o livro- contar conquistas. E sim, contar sentimentos, expectativas, frustrações, desejos, coragem. escolhas, conclusões, superação. Todas essas histórias falam de superação. É preciso superar diversas barreiras para encontrar o amor. Como diz uma das nossas heroínas, que no livro chama-se
Ana Patrícia:
                     
             "Assim concluo que, quando a pessoa está pronta o amor aparece".
E vai contando generosamente tudo que fez e viveu, para se sentir dessa forma, pronta para encontrar um par. .

  "Mulheres  Também Gostam de Contar" é em cada crônica um conto de fadas contemporâneo, em que cada pessoa sabe, ou intui, ou descobre depois, que a magia está em si, na maneira de viver a vida. E o encantamento está na forma de olhar o mundo.
 
  Ah é um livro despudorado. É sim. Se esse despudorado refere-se a um  livro sem temor de falar da sexualidade. Cada uma disse o que quis. do jeito que quis.Com mais ou menos pudor. As vezes falando de sexo, mas as vezes falando de si, com abertura, sinceridade, sem hipocrisia.
 
   Aprender a se respeitar, a se conhecer, a se satisfazer, a se motivar, a ir a luta, a não ter medo de amar,  a correr riscos, a fazer mudanças necessárias, a ser mais um pouquinho do que se ousou até agora, com outras pessoas, é um privilégio, que nem sempre temos assim, abertamente, de bandeja, num livro. Que não é jornalístico, é quase poético. Poder ouvir pessoas e transmitir o que se apreendeu das diversas conversas. Escrever na linguagem de cada uma das mulheres que participaram . Fazer em conjunto um fechamento de cada história, para que seu formato fosse percebido por quem contou, por mim e por quem vai ler. Foi e é um prazer.
   
  Então é isso, temos 15 crônicas baseadas em relatos de vida. E mais alguns textos do blog, que se focaram na busca de um par. Está tudo ali, transparente. Inclusive minhas próprias questões. Claro.
   
 Agradeço imensamente a todas as pessoas que participaram do projeto, e também as que de alguma forma ajudaram que ele tomasse consistência e existência. É super bacana, na hora que você vê aquela coisa que era quase barro, as palavras, tomarem forma, sentido , espessura, estética, profundidade, vida.
    E agradeço  de antemão, a todas pessoas que vão ler, e descobrir divertimento e emoção.

 O lançamento é  (FOI) dia 30 de agosto  na Bienal de São Paulo, stand da Editora Scortecci. E logo em seguida estará sendo vendido na
livraria Cultura.


O Beijo de Rodin, não está no livro, mas é uma imagem inspiradora.


Super beijos e espero vocês,
Pauline Herbach 

4 comentários:

  1. Você é um sucesso e uma inspiração! Sucesso e reconhecimento do seu lindo trabalho é o que sempre te desejo.
    Um abração bem apertado, como duas grandes e velhas amigas que gostam de contar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida Roseane, li seu comentário e me emocionei de você me achar tudo isso. Por que você é uma pessoa que admiro muitíssimo, e gosto também muitíssimo. Te quero muito bem. Agradeço seus votos, de coração. E espero que um dia essas duas velhas amigas se encontrem para dar esse abraço ao vivo. Agora ja me sinto abraçada. Bjao amiga!!!!!!

      Excluir
  2. Camille, uma mulher tem muito a contar quando as vivências são bem vividas e aprendidas.
    Você é ótima e, claro, vou querer comprar seu novo livro!
    Sucesso no lançamento, vá bem bonita como da última vez e ... arrasa!
    beijinhos cariocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrgada minha flor. Imagino o que são suas historias também. Uma pessoa tão bonita por dentro e por fora. Tomara que eu esteja com essa bola toda que voce esta dizendo. Oba!!!!Bjosss

      Excluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.