05 agosto 2012

Cinquenta Tons de Cinza deveria ser o "novo" Crepúsculo. Mas é só um velho tema, com poucas cores..

   Semana passada a Michele me ligou de Portugal, que surpresa boa! E entre outras coisas me falou de um livro que viria estourando por ai:"Cinquenta Tons de Cinza" de E L James. Escritora que não conhecia e penso que este é seu primeiro livro, e primeira série. Trata-se de uma "trilogia".

Fui fazer o meu dever de casa: passeio matinal à pé pelas calçadas esburacadas e íngremes de São Paulo- um super exercício. Que aliás tenho gostado bastante, me faz o maior bem. E logo cheguei a Livraria da Vila, que antes parecia tãoooo longe. Estou melhorando as passadas, como tudo que a gente persiste.

Pois bem, logo no primeiro display o que encontro: o tal "Cinquenta Tons". Dei uma olhadinha e não me pareceu o livro da minha vida. De qualquer maneira, resolvi me atualizar quanto ao sucesso mais comentado em Lisboa, Veja bem, terra de Pessoa e Camões.
  
Chegando em casa, dei uma procurada na internet, na busca de algo sobre o livro que precipitadamente, já estava comigo. Li que é o "best-seller" preferido por recém-casadas e jovens mães". Heim? Será que é  sobre bebês? Casamento? Vestido de noiva? Decoração de casa nova? Então por que seria o novo "Crepúsculo", da série dos vampiros  como estava anunciado?

Li o primeiro capitulo. Folheei o segundo. A autora gosta de colocar na boca da protagonista, frases como: "ai meu incosnciente pensou assim..." Esse confusão entre consciente e inconsciente é repetida à exaustão. Em alguns momentos a moça até localiza o inconsciente, mais ou menos ali pela nuca. Tornando-se um espetáculo da ciência, uma vez que o inconsciente nunca foi localizado como um lugar específico no cérebro. É, parece que faltou pesquisa na construção do livro. Deixando a personagem livre, em sua ignorãncia.  O que poderia ser uma tática,  para mostrar o quanto a moça de fato é despreparada, presa fácil de qualquer aventureiro..
  
Mais pra frente, vemos a própria,  descrevendo sua atração pelo moço  agressivo e cheio de si. E aí me  incomodou de verdade, a falta de veracidade e de consistência naquelas palavras. Acho que as "Sabrinas" da vida ao lado desses "Tons" monocórdios, batem um bolão. Sabe aqueles folhetins de jornaleiro? Uma tia colecionava, e eu pegava carona, naqueles romances em que a enfermeira se apaixona pelo médico, a escrivã pelo juiz,  a vendedora pelo dono da loja e tudo acaba em casamento. Sempre com um homem em posição de poder, uma mulher que o desafia e ao mesmo tempo "reconhece" sua submissão. Realmente, tudo aquilo que não precisamos mais na paisagem.  Já temos até presidenta, o que significa alguma coisa. Mesmo sabendo que política tem mais de fachada do que de mulher-no-poder-por-ela mesma. Aqui parece mais marketing do partido. Sem querer desmerecer a pessoa que ocupa o cargo mais importante em nosso país.
                                                            olha o marketing....

 Voltando então aos "Cinquenta Tons", ah sim , "de Cinza",  não consegui esquentar os motores da minha curiosidade. Fui passando as paginas como se o livro fosse um abanador. E chego ao final:  depois de algumas cenas em que o jovem empresário riquíssimo e autoritário, dá umas sacodidas na cama, com a vendedora- de- loja -de -bricolagem.( Será que  autora mora perto de uma Lar Depot e daí surgiu tanta inspiração?) com frases do tipo "vire-se, vou te f. agora". Puxa, palavrões, que coisa feia. Hehehehehe.  Concluo que: editores continuam animados a experimentar no mercado romances longos, esse até arriscando a sorte com a trilogia de uma novata. Mas e daí? O criador da série "Homens que não Amavam as Mulheres" também não era estreante? Com uma diferença: ele já era ligado às letras de alguma forma. Assim como, a autora do delicioso "O Diabo Veste Prada". E tantos outros, bons e brilhantes autores novos. Cheios de ginga, audácia  e vontade de fazer o melhor.

 Dona E L James,  apresenta- se só com as iniciais. Se não for por preguiça de escrever o nome inteiro, talvez  tenha tido a mesma prenteção de  J K Rowlings , a talentosíssima criadora  de Harry Potter : deixar  dúvida no comprador desavisado , sobre o sexo do autor, por que "homem vende mais". Depois do sucesso estrondoso do próprio Harry Potter,  e da série Crepúsculo, precisava desse recurso? Ah, para vender esse livro, e a trilogia toda, precisa de qualquer recurso. A falta de colorido não se atém ao título. É monótono, sem assunto, com uma explicação mequetrefe para o fato do garboso rapaz ser assim tão rispido quanto gostosão. E nenhum motivo para a moça ser virgem até então- a não ser criar similaridade com a nossa já conhecida heroina- Bella., uma menina cheia de personalidade e coragem- capaz de amar um vampiro e um lobo ao mesmo tempo e ainda ser a rainha da cocada,  na escola, mesmo deprimida.  Bem diferente de "Anastácia", coitada- daquelas que chamam palito de tábua de salvação. Na falta de coisa melhor para livrar-se  de seu cotidiano daltônico, ela dá a cara pra bater numa trilogia que tem  como  marketing ,  referências a livros  ultra-bem sucedidos,  desnecessárias se fosse um autêntico potencial de sucesso.
                                                              capa
  
Fica aí um aviso: o "drama" insosso custa hoje RS 32,00 em preço promocional de lançamento, de uma editora de grandes tiragens. "E logo subirá para RS40,00" segundo o vendedor da Vila. Supondo que va ser um estouro da boiada em vendas.
  
Pode ser que eu esteja enganada, e que o problema seja apenas o fato de eu não ser recém-casada e nem jovem mamãe de primeira viagem, o  pretenso "público alvo." Mulheres recém-casadas tem mais com que se divertir e talvez estejam desatentas a detalhes sem importância, como o lugar do insconsciente. E mamães de primeira viagem, na maior parte das vezes estão tão exaustas e maravilhadas com seus bebês que, quem sabe comprem um livro qualquer, badalado na mídia,  para distrair do cenário de fraldas e nem percebam se o enredo é consistente ou não. Uma vez que a leitura seja só premissa para uma boa cochilada, redentora de noites mal-dormidas. Aí sim, vale.

Fotos de divulgação encontradas no Google.

20 comentários:

  1. Uia, menina, eu não vou ler nem a pau Juvenal!
    hehehhe
    Seguinte: detesto e não me seduzem os best-sellers, são geralmente chatos demais.
    Aquele tal de " A Cabana" que vendeu milhares, ganhei de presente e não consegui ler inteiro, no entanto, um monte de gente comprou e ainda disse que era maravilhoso. hirrrc!
    Estou de férias, mas arranjando jeitinho para visitar minhas queridas amigas blogueiras.
    um abraço carioca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ferias, oba!!!!!!!!!!!!
      Tb quero umas ferias!!! Estou na fase "nao sei como dar conta de tudo".Nemme fala em A Cabana.Me indicaram esse livro como sendo "eu vi a luz"e tive um chilique interno lendo aquilo. Ate umterço mais ou menos.Depois a coisa se completou assistindo aquele Olhar do Paraiso que era meio copia.Desgraça pouca é bobagem...
      Mas pura bobagem é esse ai. So comprei de enxerida mesmo,curiosa.Mas é ruim.Vergonhoso em termos daconstruçao da coisa toda....Das besteiras ditas e da dificuldade de criar emoçao noleitor... realmente nao recomendo. Bjaoe boas ferias!!!

      Excluir
  2. Nem sou mãe de primeira viagem, nem recém-casada. Taí, acabei escapando do "público alvo". Tenho interesse por literatura, essa coisa dos magos e vampiros não me motiva.

    Deste livrinho aí, pelo o que entendi falarem por aqui, o grande interesse do público é por se tratar de narrativa erótica. Eis que é esse o bafafá em torno do livro... Bah... Pobreza.

    Só uma correção, Cam, aqui ainda não se sabe das vendas. O livro acabou de chegar. O que se comenta é que nos países onde já foi lançado, é estouro de vendas. Vamos ver como será em Portugal, como vc disse, terra de Pessoa e Camões (e Gil Vicente que gosto demais, não vou deixar de fora, hehehe). E vamos ver como será no Brasil também.

    Estou querendo ler logo o do Philippe Claudel, "Almas Cinzentas". Pedi, ainda não chegou. Mas já é outra categoria... Enfim.

    Bjos!

    Michelle

    ResponderExcluir
  3. Tenho umaamigalendoe gostando,e éculta,inteligente. Talvez umm monte de gentecompre e ache erotico.Eu naoachei.A autora nao temforça na narrativa, para comover,nem co meortismo,e nem com nada.Nao tem talento, nao sei, nao deu certo. E escreveu muita besteria sobre oq eu nao sabe. Enfim, se fizer sucesso ou nao, nao é problema nosso ne? BOm pra ela.
    Bjao flor,boa semana!
    Cam

    ResponderExcluir
  4. Publicidade enganosa! Falam que é estouro de venda e todo mundo acredita! Não me canso de ver esse tipo de estratégia, não somente na literatura. O que ouvi falar desse livro é que ele é um “pornô para mulheres” e eu na minha mente insana, já pensei que os "50 tons de cinza" fosse outra coisa... diante de todo o exposto, adianto que não vou ler. Agradecida, Cam!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HEHEHEHE voce é engraçada amiga. Tem umas pronozices, bem idiotas. Basta nao ser virgem para achar aquilo totalmente bobo. Eu nao li tudo, é verdade, talvez tenta perdido as melhores cenas porno.Me encho com aquela coiaa de "meu incosnciente disse".. que anta!
      Bjao querida!!!

      Excluir
  5. Camille, ultimamente sabe como tenho lido livros?! Recomendação de minha irmã. Ela compra dezenas por ano, diz que um é assim e outro assado e ainda me passa. E quando estou por fora - imagine só, eu vivo na internet e ela não! - ela me olha assustada como se eu morasse em outro mundo! Sou uma etéia literária então!!!

    Já soube do seu livro e estou orgulhosa. Não se preocupe, não vou esperar primeiro por minha leitora e crítica familiar. Eu darei o primeiro passo. Algumas vezes eu faço isso!

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  6. Que comentario inteligente e espirituoso,como sempre! De qualquer maneira quando tua irma te passar umas dicas passa para mim, assim eu nao compro essas besteiras.
    Um superbeijoe obrigada quanto ao meu livro.Um dia direi:meus livros.Espero!!!
    Bomfindi!

    ResponderExcluir
  7. É hoje! Sábado, na Bienal de Sp! =)

    [Esse post aqui devia ter começado com "Semana passada a Michelle perdeu a noção do fuso horário e me acordou lá de Portugal..." hehehe]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li seu post lindo.Adorei.
      Bjos e muito obrigada!!!!

      Excluir
  8. Camille, já ouvi algumas críticas desse livro, e sei que não vou ler. Harry Poter, Vampiros... não me apetecem....
    Mas o que vi escrito por aí sobre ele, é puro marketing mesmo.
    Agora, o pessoal que realmente lê e sabe apreciar uma boa leitura vai perceber isso de cara, como vc e tantos outros perceberam.
    Mas o boca-a-boca ainda é o método mais poderoso pra atrair leitores desinformados.
    Se é trilogia, como seria o segundo?
    Não tenho nem curiosidade pra saber....

    Sucesso com seu livro, amiga!!! Muito sucesso!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é amiga,fui passando que nem ventarola,mas li o ultimo capitulo para imaginar como vai ser o segundo livro. Se nao for com outro autor,vai ser fraquissimo como o primeiro.Com as tais perolas:ai o meu inconsciente disse.... Um espanto mesmo.
      E as cenas de sexo,pulei muita coisa, devo ter pulado justamente as maisemocionantes. Minha medica estavamecontando que ate aqueles mais vendidos da Veja, é tudo mentira, tudo marketing. So pode mesmo.Alguem conseguiu ler ate a ultima pagina da Menina que Roubava Livros?Duvido....Bjao

      Excluir
  9. Você conhece o blog da Lolla? Ela postou sobre esse livro também. Confesso que este livro não me apeteceu, mas tem muita gente comentando sobre ele. Bjks e bom domingo! Sucesso na venda de seu livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelos votos ao meu livro, a Clara tb,esqueci de dizer.
      Quanto aos comentarios desse livro, a editora tem muito dinheiro e investe pesado em Marketing.Assim entendi conversando com o livreiro, ai causa esse efeito mesmo:o mundo inteiro so fala nisso. Bjos

      Excluir
  10. Eu vi muita badalação em torno dessa trilogia, e fui "caçar" na internet, resenhas, críticas, até que a própria editora disponibilizou o primeiro capítulo, o qual eu li apenas 4 páginas, abandonei com a certeza que não vou ler esses livros.
    Assino embaixo de tudo que você disse e ainda digo mais, passa informações distorcidos do mundo BDSM, não sou adepta, mas tenho alguns amigos nesse meio, que estão vendo a obra com desconfiança e com certeza haverá uma enxurrada de ditos adeptos da prática, que não é simples como pretende mostrar o livro.
    Cheguei aqui pelo blog da Luma, e sou chata assim com livros, pois sou bibliotecária, e exigente para ler, sem me furtar ao conhecimento das listas dos mais vendidos.
    Parabéns pela carreira iniciante e pelos espaços na internet.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada moça.Imagino como deve ser rico ser bibliotecaria e estar diante de todas as obras,boasou mas.Tudo feito por gente.E essa é a parteboa.Hum meu computadortomou um tomboeainda nao mandei consertar.
      Bjos!

      Excluir
  11. td maravilhosos pro aqui..como sempre!!!
    Vi vc na reportagem da TV..adorei! Saudades suas no meu Cotidiano.bjinsss

    ResponderExcluir
  12. Vou la Lia, quando acabarem minhas provas.Estou sem tempo nenhumde visitar blogs.Naotou dando conta das coisas mais triviais do meu cotidiano.Dessavez extrapolei.Tenhocerteza que no teu Cotidianodeveestar cheio de coisas otimas para serem lidas.Meaguarde!!!!
    Bjao (ja emagreci uns 3 quilos depois daquele programa de tv,ehehehe, ainda bem, foi bom o susto)

    ResponderExcluir
  13. Bom dia, Camile!
    "Livros são como espelhos." Confesso que não me vi neste.

    Beijos>
    Anny

    ResponderExcluir
  14. Nem eu Anny.Ai o espelho estava empenado...
    BJOS!

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.