24 setembro 2011

"Dr Juljan Chapski O Cavaleiro da Saúde". Um livro que você precisa ler para entender o Brasil.


Para quem se interessa por Saúde Pública, essa é A leitura. Dr Juljan Czapski foi um dos primeiros médicos a atuar no Hospital das Clínicas( SP) e também o criador da "Medicina em grupo" e dos "planos de saúde" no Brasil. Mas não parou por ai. Além de ter sido um excelente clínico, capaz de dar a palavra final em diagnósticos complicados com muita tranquilidade, Dr Czapski voltou sua vida para a luta pelos menos favorecidos ao estar sempre junto à Saúde Pública e em posições estratégicas, que visavam o crescimento da assistencia médica no Brasil e não o seu entrave, por qualquer política ou neurose. Na visão dele, as diversas assistencias eram "complementares" e não excludentes. Público e privado deveriam coexistir e bem, para garantir o bom atendimento a todos.

Discussão essa que vem de longe e em vários setores. Me lembra de repente o grande plebiscito que houve há mais de 30 anos na Inglaterra, quando se decidia se as escolas deveriam ser públicas, privadas ou públicas e privadas. Na época a grande maioria votou pelas públicas, sob o argumento de que a escola privada segregaria e diminuiria o valor, o mérito e a qualidade da escola pública.

Uma boa lembrança que talvez não seja uma boa comparação. Dr Juljan pelo que entendi , foi um defensor do ensino público. Seus filhos estudaram em escolas públicas, cujo ensino ele considerava o melhor. Já a Medicina, percebo que é uma outra questão, precisa de mais plasticidade para obter recursos e se desenvolver. Verba, pública e privada, para suas pesquisas e descobertas.
Enfim, esse assunto- entre o público e o privado, é uma grande questão de estudo para mim, há muitos anos . Não vou detalhar, por que esse é um blog onde eu não assino meu nome do RG. É para brincar, embora eu sempre fale sério.

A biografia do Dr Juljan, idealizada com tanto esmero por sua filha Silvia Czapski- que fez inclusive um extenso levantamento bibliografico, o que torna essa leitura uma riqueza em informações relevantes- é de narrativa romanceada e por isso fácil para pessoas que não são dessa área entenderem e gostarem muito. Não é apenas a história do profissional, mas do imigrante polonês que chegou garoto nesse país e se tornou um grande brasileiro.

O começo dessa biografia romanceada , conta a visita de uma estudante de Psicologia que procura o Dr Juljian não por ser um médico importante, mas por ser um "idoso de bem com a vida", para um trabalho de faculdade, que visava o estudo das perdas e ganhos da maturidade. A estudante em questão queria entrevistar alguém como o Niemeyer, mas que não fosse o próprio, ja que em termos de inclusão do "idoso", nosso arquiteto parece ser o único exemplo de projeção. Só parece. Por que temos outras pessoas de igual valor, que podem falar de si com sabedoria e fé em um futuro sempre presente, e não com a amarga nostalgia do que já passou.

A estudante do livro, sou eu. E participar de alguma forma da história do Dr Juljan, é desses presentes muito especiais que a vida pode oferecer. Agradeço a Silvia Czapski por ter destacado essa passagem. Seu pai já tinha dado centenas de entrevistas em sua vida. Mas como disse a filha, jamais por motivo tão peculiar.

Dr Czapski era um homem encantador com muitos anos de existência, capaz por isso mesmo, de olhar com olhos de menino todas as oportunidades de dialogação com o mundo, que a vida tem para dar. Até mesmo a singela entrevista solicitada por uma então estudante de Psicologia. Leia a biografia do Dr Juljan Chapzki. O Brasil precisa de você com conhecimento de causa.

( Dr Juljan Chapski- O Cavaleiro da Saúde- de Silvia Czapski e André Medici- Editora Novo Século.)

2 comentários:

  1. Camille,

    História genial! Li seu post e antes de escrever o comentário já liguei para a Livraria que gosto e reservei dois exemplares. Um vou presentear. Pena que só terei disponíveis os livros no dia 29.09.

    Dizer o que mais? Amei seu depoimento! Parabéns por ter marcado a história de vida desse homem.

    Girassóis e Beijos

    ResponderExcluir
  2. Como a Celina Dutra disse aí em cima, realmente não cabe dizer nada mais! Parabéns, amiga, por esta homenagem! Parabéns pela divulgação! Este seu olhar, sua percepção sobre as minúcias, o lisonjeio que pode ter sentido o médico por ser procurado sob uma outra perspectiva, tão afetivamente digna, a simplicidade da homenagem e a própria dignidade que a homenagem carrega em si são todas ações que carecem de mais, de grande divulgação.

    Onde posso encontrar o livro no Brasil? Como posso adquirir um exemplar? Estarei aí em breve e já vou por este na minha lista. Na mesma categoria de "Os últimos passos de um vencedor", sobre nosso sempre, agora também eternamente, simpático ex-vice presidente José de Alencar. Outro idoso de bem com vida. Afinal "só parece" que temos poucos idosos em projeção, só parece.

    Um grande abraço,

    Michelle

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.