04 dezembro 2009

Reflexão sobre a vida e a morte de Leila Lopes. Cada um é autor de sua própria novela. Vamos caprichar.

Cada pessoa daria uma biografia sim, nem sempre a mais bela, nem a mais bem escrita. E cada vida vivida é de fato um livro que não necessariamente será impresso, a não ser na memória de alguém.
Aqui tinha um post que começava com a frase acima. Era sobre a vida da atriz Leila Lopes. E o que escrevi estava me incomodando tanto, que resolvi apagar. Não excluir totalmente, por que certas coisas são boas para a gente ter na lembrança, como as besteiras que a gente faz. Não vale a pena escrever sobre a vida de alguém que não conheciamos, a não ser para falar bem. Por que se só conheciamos da mídia, julgamentos e julgamentos bem idiotas podem surgir.
Cada um faz de si o que pode, o que é possível, o que se permite, o que dá. "Ser uma obra de arte" como ouvi outro dia em uma aula genial, já é outra coisa, muito especial, dificil de apontar alguém.
Quisera eu um dia chegar lá. Acho que no estágio atual dá para ir evoluindo com a humildade que é preciso para viver com dignidade, reconhecer nossas falhas e ignorancia. E ir em frente,aprendendo a ser gente. Já está bom.
Que a Leila Lopes descanse em paz. Pelo que li, era justamente isso que ela buscava. Paz.

4 comentários:

  1. Deus a tenha - só consigo dar esses votos - porque também tem tanta gente que não fez pornô, não quis sucesso, não foi de belezura e cometeu suicídio...
    Desespero - desse ninguém tá livre não.

    ResponderExcluir
  2. Estava conversando com um amigo ontem sobre o fato dela mentir a idade. Tipo assim, tinha 50 e dizia tinha 40. Acho que fez errado, porque muitas mulheres de 40 ainda estão com tudo em cima, mas se ela assumisse a idade, seria admirada por estar tão bem com 50 anos. Este mundo das aparências destrói qualquer pessoa vazia. Ela não aguentou a barra por ter feito filmes pornôs, disse que depois deles, vivia mal com a família. E a família é a base de tudo, né?

    ResponderExcluir
  3. Pois é, eu nem tinha lido nada sobre a familia dela, mas na epoca que li sobreos filmes porno, ja imaginava que a moça tinha chegado ao fundo do poço. Sobre a idade, acredito que todos mintam na televisao, o meio que vive de imagem ( quer coisa mais efemera) exige isso se a pessoa quiser ter uma carreira mais longa. Nem todo mundo é Fernanda Montenegro ne? E é por ter escrito sobre essas coisas, que fiquei me sentindo mal. Tudo isso é verdade, mas a moça deve ter morrido em um sofrimento tao grande, que quem sou eu para ficar falando ainda mais de quem nao volta para dizer que nao foi bem assim ne? Ainda bem que li aquela sua dica do google, fui ler. E a moça dizia justamente para a gente deletar o que nao gosta. Nem sabia que era tao facil assim. Ja tinha deletado um post no Uol, uma vez que escrevi sobre a separação de uma prima e a familia chiou. E olha que nem botei o nome dela, claro que nao. Mas aqui, achei que tinha que chamar a super Luma para me dizer como deletar posts ja antigos. Que nada foi facil. Dificil é ficar coma dor na consciencia por dizer besteira demais. Beijos Luma, voce é genial.

    ResponderExcluir
  4. As vezes, portagens feitas com celular falham.
    Mas comento de novo, já que li parte da carta que ela deixou aos familiares. Depressão é uma doença terrível, silenciosa e muitas vezes, fatal. Ela devia ter planos há muito tempo, até que teve "coragem"
    Bjs

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.