24 setembro 2006

A sua liberdade vai até aonde começa a do outro.

Este post faz parte da bloggagem coletiva, mais uma vez proposta por nossa amiga Laura. Desta vez o tema é ÉTICA, uma das questões mais envolventes que a gente possa pensar em comentar. A ética varia de cultura para cultura. Os códigos de ética tem relação estreita com os códigos da lei, do Direito. E existe a ética pessoal de cada um, que faz parte da educação e da formação do caráter de cada indivíduo.
Acredito que a frase "a sua liberdade vai até onde começa a do outro", sendo entendida como: você tem liberdade desde que não moleste, não interfira no sentido de agredir ou prejudicar a vida de outra pessoa, seja um exemplo bem claro de ética pessoal
Sendo assim, se tomássemos esta frase como uma lei, um código de ética e fizéssemos uma varredura em quem já o infringiu pelo menos uma vez na vida, quem sobraria? Política provavelmente deixaria de existir até como palavra no dicionário. E nós? Da mesma forma que perguntei na outra bloggagem, pergunto agora: nós somos éticos conosco, com nossas famílias, com as pessoas que convivem com a gente, 100% e o tempo todo?
Se formos, parabéns para nós. Se não formos, façamos agora uma reflexão. Por que é difícil não atingir o território alheio em todos os sentidos. Mas precisamos aprender. Todos, sem exceção, precisamos evoluir cada vez mais no sentido dessa ética pessoal, do caráter reto, para chegarmos lá. Vamos tentar? Vamos conseguir. É assim que o mundo muda. Começando por nós.

7 comentários:

  1. Mais um texto que fala de nossa ética, acho ótimo a gente trazer isto à tona, fazer refletirem. Esta frese da liberdade é perfeita, será que quero para mim o que faço com o outro? tbm é boa... :)
    Tks, bj laura

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto Camille, perfeito, espero que muita gente leia...e reflita. Um cheiro bem grandão.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom Camille, parabéns!

    beijos querida!

    ResponderExcluir
  4. Claudia Blue17:18

    Bom eu acredito que eu seja etica... rs nesse mundo sem ela rs.. beijo florzinha... saudade

    http://bluevelvet.zip.net
    http://nabolsadamulher.blogspot.com/
    http://newsblog.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Numa época em que valores são sucateados valendo tão pouco não custa lembrar que ética ainda se encontra só não devemos perder as esperanças.
    Lindo dia flor
    beijosssssssss

    ResponderExcluir
  6. Anônimo15:56

    É até contraditório falar-se em ética. E não contraditório se vivessemos em outras instâncias, onde os direitos humanos fossem respeitados na sua base, o necessário, pelo menos. No entanto estamos de pés fincados num País, cujo nome é Brasil, cujos adminisradores são desiguais da grande maioria, em seu aspecto: honestidade. Ética é uma coisa, imposta pelo desejo de ser-se correto, íntegro, consciente. E vamos nós, procurar, dentre todos os parlamentares brasileiros, empresários concorrentes, um, umsinho só que obedeça fielmente estes princípios. Nem aos médicos, aliás a nenhum profissional liberal, esta palavra se aplica: ÉTICA. Somos entrerrados num país onde só aos menos favorecidos,- por Deus - é bom que se explique, prestam conta dos seus feitos. O resto, geralmente a classe média - que antes era alta - não está um pingo preocupada com a ética. Se através dela, julgam, não conseguem nada.
    Brasil, só te amo por tu me enganas! Sou que nem uma rapariga.

    Naeno
    www.poemusicas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. liberdade é tudo. Como o respeito. bjão

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.