28 junho 2014

Maleficent é tão humana,diferente do ideal....que bom.

Once Upon a Dream
From "Sleeping Beauty"
Music by Tchaikovsky
Lyrics by Sammy Fain and Jack Lawrence

I know you, I walked with you once upon a dream
I know you, the gleam in your eyes is so familiar a gleam
Yet I know it's true that visions are seldom all they seem
But if I know you, I know what you'll do
You'll love me at once, the way you did once upon a dream 

But if I know you, I know what you do
You love me at once 
The way you did once upon a dream 

I know you, I walked with you once upon a dream
I know you, the gleam in your eyes is so familiar a gleam 
And I know it's true that visions are seldom all they seem
But if I know you, I know what you'll do
You'll love me at once, the way you did once upon a dream 



                                             Angelina Jolie. Foto de divulgação do filme

O ideal só existe na imaginação,  e é o  que leva à frustração. Somos todos um pouco bruxa e fada. Bons e nem tanto.O ideal de um,  é diferente do ideal do outro. Então filhos não são perfeitos, pais não são perfeitos, mundos não são perfeitos, nem príncipes.O amor é cheio de ódios.E o amor verdadeiro é outra coisa. Mais sublime, menos passional. Tudo isso dá para ver neste filme: -Malévola- mesmo que o espectador não seja um bom leitor. Isso é maravilhoso, Perceber que os contos de fada estão se aprimorando. E mais próximos dos sentimentos humanos. Assista. Pelo conto, por Angelina Jolie tão talentosa, pelo cenário, e pela linda música, com uma tão singela versão:  Once Upon a Dream,  com Lana Del Rey. Assista em 3 D e com um saco de chocolates na mão. Os seus preferidos. E um lencinho na outra....

Dias muito felizes, semanas, meses, um ano inteiro para você Paulinees

4 comentários:

  1. Anônimo01:35

    Pauline, durante e logo após o filme, gostei muito, é uma linda história e tem seu mérito. Mas no dia seguinte, depois de avaliar melhor, achei que os homens são retratados de uma maneira muito depreciativa. Quanto mais barba, mais malvado é o personagem. O único melhorzinho é o príncipe imberbe. E o assistente da Malévola, que é controlado por ela. A princesa Aurora é criada por 3 fadas lelés da cuca, sem convívio com nenhuma figura masculina, e se transforma em uma mulher maravilhosa. A própria Malévola, mesmo antes da crueldade que sofreu, age cruelmente, quando encontra o rapaz que pegou uma pedra preciosa (um mineral), e simplesmente a joga no fundo do rio (esse rapaz iria vender a pedra provavelmente para o próprio sustento), na maior frieza. Depois ela é capaz de guerrear com maestria, sem que nunca, jamais, tenha feito qualquer treinamento como guerreira. Tudo muito parcial, mostrando as mulheres como boas, valentes, poderosas e auto-suficientes, e os homens como horríveis.
    Enfim, o filme tem o seu lado bom, eu gostei muito de assistir, mas no final das contas fiquei com a sensação que ele vende uma determinada ideia às meninas e adolescentes que o assistem, como se a presença masculina no mundo fosse ruim e dispensável, e só as mulheres tivesse valor.
    (comentário de Eliane B.)

    ResponderExcluir
  2. Ainda nem tive tanto tempo para pensar emm tantos pontos nao, hehehehe.. Fiquei surpresa com relação ao amor verdadeiro. Ja tinha visto coisa parecida em Frozen. Que é lindo tb. Quando a pedra, aquilo é um conto de fadas. E elas protegem o meio ambiente. Na vida da fada - e sei la se é assim- ate as pedras fazem falta, e tem sentimentos. No inicio da historia vi a personagem como muito coração bonito. Esse nome é que acho interssante e talvez tenha a funçao de mostrar que o mal existe assim como o bem, em cada pessoa. A espera de um ideal de bondade e perfeição que os pais tem pelos filhos, gera muita frustraçao por que é inatingivel. Agora a moça criada pelas fadas.... Conto de fadas tem toda uma função metafora interessante. Raramente elas tem mãe, ja reparou?Só o pai, a lei. E depois eles eventualmente morrem. O garoto jovem era uma promessa de amor futura, sem aquela fantasia de olhou- gamou. E com menos poder- todos os homens-maus ou insensiveis sao reis e estao todo o tempo em guerra na historia. Pens que nao detona com o homem mas com um tipo de homem que só ve o poder como totem- uma epoca remota que ainda trazemos para o presente. Enfim, achei muito lindo. Vou pensar nesses pontos todos. Obrigada pelo comentario. Bjossss

    ResponderExcluir
  3. Não assisti o filme, ainda... mas pelo que todos que assistiram disseram, é bom mesmo. Acho que aquele tempo de princesas e bruxas já é um passado muito distante. Acho que por isso que personagens más fazem mais sucesso do que as boazinhas. Boazinha dá tédio, soa falso, não tem atitude e não luta por nada. Apenas vivem e se entregam à sorte de serem felizes. Muito prático, né? Quem é assim? Acho que nem Jesus foi assim.
    Uma linda semana, querida! De idade nova... e feliz! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Pois é Clara.As historias estão mudando. Voce assistiu Frozen? Eu ainda assisto essas coisas por que minha filha tem 13 anos, e ainda curte,ainda bem;É um filme bem lindo. E o amor verdadeiro que salva a mocinha é o da irmã.e não de um principe qualquer.Ate por que esses principes em geral estao passando e veem a princesa..... Tem que conviver mais para amar. Nessa historia o principe fala: mas eu nem a conheço direito... é verdade. E é fofo. E a malvada.é só entrestecida,machucada, daquelas que tem aquele ataque de raiva, mas nao chega a matar ninguem, quer desfazer o feitiço e nao consegue, mas no fim consegue, pelo amor. É muito interessante analisar todos os pontos dessas novas historias. Se a personagem nao tiversse o nome de Malevola, talvez nao provocasse tanta reflexao. Mas é pelo nome e pelo jeito meio dark que a gente pensa:oser humano não é só bozinho ou mauzinho. Ja Jesus não sei. Jesus tem uma metáfora ou uma realidade diferente dos contos de fada. Mas entendo perfeitamente o que voce quis dizer. Bjao e grata pelos votos de felicdade!!!

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.