17 abril 2014

Uma flor, uma criança, uma vida, um grão.. A Páscoa, pode ser ?

..."Uma flor nasceu na rua!
Passem de longe, bondes, ônibus, rio de aço do tráfego.
Uma flor ainda desbotada
ilude a polícia, rompe o asfalto.
Façam completo silêncio,
paralisem os negócios,
garanto que uma flor nasceu.

Sua cor não se percebe.
Suas pétalas não se abrem.
Seu nome não está nos livros.
É feia. Mas é realmente uma flor.

Sento-me no chão da capital do país às cinco horasda tarde
e lentamente passo a mão nessa forma insegura.
Do lado das montanhas, nuvens maciças avolumam-se.
Pequenos pontos brancos movem-se no mar, galinhas em pânico.
É feia. Mas é uma flor. Furou o asfalto, o tédio, o nojo e o ódio."


Parte do poema A Flor e a Náusea de Carlos Drummond de Andrade.


A cada segundo nasce um bebê no mundo. Brotam grãos que alguém plantou e irão para a sua mesa.  Todas as manhãs crianças acordam, sonham, brincam, estudam. Outras precisam de ajuda para sonhar, brincar, estudar. Ainda assim elas são.  A Páscoa bem que pode ser um dia de superação, de travessia dos nossos fantasmas, de ressurreição da nossa esperança. De uma flor , mesmo que tímida, que nasça em nossa consciência. 
Fazer um futuro melhor é agora. Tudo começa com um grão. Vamos colher o que plantarmos. Já sabemos disso tudo? Lugar comum? Por favor, então, façamos já. 




                                                Ainda tem água mas a humanidade
                                                             continua com sede.
                                                 A pia e o copo são,  como na canção
                                                     "dois pares desencontrados,
                                                          dois amantes desunidos"

   Para agora. Saber pedir e saber dar, em um amplo sentido: amor, comida, abraço, água, ar, folego, forças, arroz, feijão, atenção, ovo de chocolate, roupa velha, meia rasgada, compreensão, escuta, bola de gude. brincadeira, pipa, compartilhar, brincar, sorrir, abrir as janelas, as portas, desarmar. Vamos?
                                                         
                                         FELIZ PÁSCOA.



IMAGEM: TRABALHO DA ARTISTA PLÁSTICA ANNA PAOLA PROTÁSIO "Sede Eterna". ( grata pela imagem)

4 comentários:

  1. Belo post! Achei super apropriado o uso do poema do Drummond.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Grata Jussara. Estamos mesmo em tempos de tantas distorções, não adianta rezar e ir a missa, não comer carne, e tantos outros rituais. O importante mesmo é olhar para os semelhantes. É buscar a superação de si e por ai vai. É ver uma flor nascer no asfalto.
    Bjos e boa Páscoa!

    ResponderExcluir
  3. Feliz páscoa, Pauline. Renascer foi uma boa lembrança que notei no texto. Obrigada por lembrar a todos o que não se deveria esquecer.

    Bjs,

    Michelle

    ResponderExcluir
  4. Grata querida. Estamos renascendo a cada vez que respiramos..Mas certamente a Pascoa é um tempo bom para lembrar de determinados milagres. Bjos e boa Pascoa para você e a familia.
    Cam

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.