22 julho 2013

"fragmentos de uma análise.com" Por que um livro? E Precisa perguntar?



Não conheço lugar melhor para escrever do que  este cantinho sem rascunhos: os “bastidores" do blog. Ainda assim, babo quando vejo um livro. Coisa de quem nasceu antes da internet. E de quem lhe tirou proveito, logo em seguida.

O livro pontua, enquadra,  contém. Mostra que virar a página é preciso para desenrolar o enredo e seguir adiante. O livro conclui. Tudo tem fim. Mesmo que seja para recomeçar em seguida.

Como o "Livro de Areia", conto de Jorge Luis Borges: um livro infinito,  insone,  sem descanso. Ou não. O livro pode ser fechado, e colocado na cabeceira, para que se leia um pouco e acalme a alma antes de dormir, por reconhecimento do que ali está dito.

O fato é que abri o livro de Rubens Molina e babei sim: capa, orelhas, CONTEÚDO. Tudo feito pelo mestre. Com a ajuda dos seus "preciosos colaboradores". Alunos, analisandos, ex-analisandos (existe isso?) : Aline Braz de Lima, Igor Andrade, Paula Marimbondo, Zoia Schvartz.  

Tudo que já estava ali, no blog. Sim. Mas com uma especial diferença. O que foi selecionado entre as muitos textos, reduz e engrandece: para quem não conhece, dá uma  feição mais clara do autor e daquilo que ele fala. Psicanálise, vida, humanos, malestar na civilização, tudo junto reunido. Facilita ao entendedor, o conjunto da obra. 
Faz sentido para você. 

Para quem conhece e o reconhece, é uma belíssima e criativa leitura também. Boa recordação. Ou quem sabe até, puro fetiche, que não os tem? Um livro bom. Ai que bom. Novinho em folha.

Tem gente que gosta do cheiro, da capa, de pegar:  depois de um tempo, o livro tem a cara do leitor, não só pela apropriação de suas letras, mas pela forma de segurar, de virar e revirar as suas folhas.

 E tem mais uma coisa boa: diferente do texto da web,   livro pode ser embrulhado, dado de presente, passado adiante, emprestado a perder de vista. (se pegar comigo, devolva por favor).

Assim empresto o meu agora para você. Anote o título


                                          o exemplar da Cam




E peça nesse endereço:  http://www.editoramultifoco.com.br/literatura-loja-detalhe.php?idLivro=1191&idProduto=1223  


Os nossos exemplares chegaram hoje. Um para cada uma. A. tem 12 anos,  já pode entender,  e quis o dela. São tantos assuntos importantes: arte, ciências, amor. Fala até da "loucura", comentando um filme de Harry Potter. 

Quem sabe, diz com simplicidade, sem se fazer de besta. Falar difícil, enrolado, ou copiado da "cartilha", é para quem precisa dar a ideia de que é doutor importante. Rubens Molina é doutor, e importante. Mas antes de tudo, é doutor de si. E portanto, sabe falar com você, comigo, com o Papa, com quem for. E sabe falar de tudo que-nos-  interessa. 

                                              o exemplar da A.

Veja bem, o mundo vai acabar pra todo mundo, sim. Mas uns vão estar mais preparados para a hora H que os outros. E muito antes, estarão bem mais  equipados para "celebrar a vida", enquanto existir.  Percebe? Chegou a sua vez de olhar e ver. Acredite, você também merece essa prosa.

Anote também o nome do blogue: http://rubensmolina.blog.uol.com.br/    
Depois de ler o livro fragmentos de uma análise.com
você vai tomar gosto pela coisa. Ah se vai..                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                    

6 comentários:

  1. livro de areia é incrível. fiquei curiosa por esse livro. agora respondendo a sua pergunta do blog: curta! é um canal da tv a cabo. como diz a apresentadora, já nasceu no pacote básico. esse canal veio da exigência das tvs a cabo de terem mais programação brasileira. eu tenho gostado tanto desse canal q já vi e comentei aqui 5 eventos que passaram nesse canal e descobri esse canal recentemente. site do curta! http://www.canalcurta.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao sei se tenho esse canal. Vou ver por esse endereço que voce esta me indicando. Obrigada Pedrita.
      Quanto ao livro, é muito bom realmente. Ontem fiquei feliz e surpresa e ver como a escolha de textos determina um livro. ( Ja fizemos isso uma vez nao é? ) Mas um livro de Psicanalise, se torna acessibilissimo a pessoas que nada sabem sobre isso, da forma que o Rubens Molina escreve. É preciso uma grande mestria para escrever simplesmente, sem colocar teorias,sem fazer citações. Sem colar da cartilha. E é isso ai. Para quem tem medo do bicho papão deixa de ter. E quem não tem, como voce que ja fez analise, vai gostar muito de ler as noticias desse mundo, com um olhar tão sábio como é o do analista que escreveu. Tão bom quanto o conto Livro de Areia. Só que são varios "contos" que não sairam da imaginaçao dele, mas da nossa civilização... tem até Camelia de Pedra ali. Uma honra.Bjos

      Excluir
  2. Eu amo livro de papel justamente porque gosto de pegar no papel, sentir o cheiro, virar a página, sublinhar uma frase que eu eu goste e até mesmo marcar algo no próprio livro. Coisas que já não é possível por e-books.
    Obrigada pelo seu carinho lá no blog. Gosto muito do meu espaço e faço tudo com amor.
    Ótimo dia
    Big Beijos
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb Lulu!!! Meus livros sao todos escritos a lapis e marca texto. Enfiar a caneta acho mais dificil, mas se nao tiver lapis a mão eu grifo a caneta sim. O livro não perde seu lugar se for contar comigo e com voce, nao é?
      Super beijos,
      Cam

      Excluir
  3. Oi, Cam.

    Que delícia de texto, que paixão por um bom livro... Também fico entusiasmada quando tenho um (bom) nas mãos. Tem a ver com a nossa relação com o assunto, com a interação que pretendemos com aquele tema e acredito que tenha até mesmo a ver com o fato daquele livro ser capaz de subscrever, ou validar, ou consolidar, algumas das nossas formulações e compreensões acerca do mundo, da vida, das pessoas. É difícil falar disso, porque a relação que temos com os livros é muito íntima. Quando nos presenteiam com um livro que de sobreaviso sabemos ser importante para que nos presenteou, cria uma certa tensão... Não sabemos se seremos capazes de viver aquele sentimento ou extrair aquele sentido com aquela intensidade que tocou outro. Geralmente, não o fazemos da mesma forma. É sempre tudo diferente e mais íntimo. Na verdade, nem temos de ser capazes. No entanto, apreciamos temas, assuntos e livros em concordância com os amigos. Até arriscamos "pra mim o autor fala disso...", é uma conversa muito gostosa.

    Bjs porque já falei de mais.

    Gostei muito do último post, geralmente diante duma decisão difícil, não decido. O que, no fim das contas, é uma decisão e gera uma consequência. O percurso seguido durante a consequência vira uma lembrança, boa ou má, mas que realmente é só lembrança e tem de ficar no baú das lembranças.

    Michelle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelle, voce nunca fala demais, por que fala bem, le e questiona o assunto. Umas delicias de comentários os seus. Pois é esse livro alem de tudo issom tem esse fato mesmo, alem de ser um tema que gosto, é um autor que prezo muito. E a leitura ficou incrivelmente gostosa, por que aquilo que estava na web se tornou livro. Livro é magico, como é. E ver essa transposição de meio torna tudo mais dinamico. É um recorte interessante. De um bom blog podem sair uma porção de bons livros. De acordo com a montagem do quebra cabeças. Mas acuma de tudo ainda, percebi como a Psicanalise se torna acessivel atraves desse livro. Vale a pena ter o seu. Bjos querida.

      Excluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.