13 maio 2012

Mulheres tem um Oceano de Segredos no Coração.

Hoje cedo assisti Titanic com minha filha. Nosso programa de dia das mães: ficar em casa. Saímos ontem. E São Paulo estava uma lou-cu-ra. Esperto daquele que não tentou um restaurante, um cinema, um teatro. Há anos que está decretado: o segundo domingo de maio é punk. Minha mãe está na terra natal, para onde ela foge quando começa a esfriar.

Então ficamos assim: eu e Anna e aquilo que se pode fazer em casa. Mamãe sabe cozinhar. Ponto pra mim. Posso ser eu mesma, o restaurante. Genial. Mas não cheguei a tanto, a preguiça foi bem maior. Ainda mais depois das lágrimas que derramos juntas naquela trágica mas encantadora história de amor e heroísmo, com dupla tão bonita: Kate Winslet e Leonardo de Caprio.

Assisti Titanic faz tempo, quando estreou aqui em SP, eu ainda namorava o pai da Anna Luiza. Ou estava no começo do meu casamento. Não lembro agora. Mas foi com ele que vi esse filme. E hoje ao longo desse longa, passei a pensar no que foi a essa minha história. Como e por que terminou. Como e por que começou . E concluí que, de tão pesada e necessária separação, não tive ânimo para chorar copiosamente por tudo que se foi. E talvez, por não externalizar meu imenso luto, ele tenha demorado tanto tempo em mim.

E isso é assunto para se falar na frente de quem possa passar e ler? Talvez sim, talvez não. O público e o privado andam confusos, uma vez que até nas redes sociais passaram a expor os mínimos detalhes das conversas íntimas, num narcisismo sem fim. Ou numa tentativa de curar feridas narcísicas de quem não teve um bom olhar de mãe na mais tenra infância. Por isso hoje decidi me incluir fora dessa e deletei minha "página" nessa coisa toda.

Dos meus blogs eu não saio não. São meus caderninhos de anotação de qualquer coisa que se mexa. Qualquer hora vou até fazer lista de supermercado por aqui. Ah super organizado e jamais esquecido. Registrado. Inclusive os pagamentos semanais da condução da empregada: já pago. Sinto que por distração minha, ela pede em dobro e as vezes triplicado. E sinto muito. Esperava mais confiança nela.

Mas de tanto esperar Godot , passou a vida, não foi Samuel? Nada disso, então. Voltemos aqui ao essencial: "mulher guarda um oceano de segredos dentro de si." Gostei da frase. Aliás, repara, cada filme tem A frase para ser lembrada. As vezes presto a atenção, principalmente quando faz algum sentido para mim. Também tenho um oceano de segredos. Não propriamente segredos, mas pensamentos que não conto, não compartilho, mas gostaria imensamente que alguém conseguisse olhar e ver. Olha só: Rose deixa o noivo chato e rico, para ficar com o pintor , do porão do navio fatídico, por que Jack sabia "ve-la". Tanto ao retratá-la. Quanto ao enxergar as necessidades genuínas de sua alma.

Por esse imenso valor, qualquer mulher, estilo Rose, joga fora um diamante oceanico que pertenceu a Luis XIV, dado por um grosseirão. E até se arrisca a morrer, feliz da vida, ao lado daquele que reflete aquilo que lhe vai no popularmente chamado, coração. Faltou olhar de mãe ali? Esse é o ponto. Mas de outro post. Ficamos por aqui, no oceano de cada uma de nós. Tão bem representado por aqueles mares gelados do filme Titanic.

lembrar: queremos um daqueles projetores de filmes de parede. Falar com Vivi, ela tem.. Viu já começou a virar a minha agenda. ( foto de divulgação do filme encontrada no Google)

3 comentários:

  1. Oi, Camille....

    Pensando no que vc falou sobre redes sociais....

    Alguns extrapolam mesmo, contando tudo o que está fazendo... mas sabe que tenho amigos virtuais ótimos?
    E que me entendem, me ouvem, me aconselham, me dão carinho, me fazem rir....
    E o bom disso, que sempre estão por lá, é dar um click e os vemos. E continuamos com nossas vidas, e eles com a deles....
    Bom seria se deixássemos de ser virtuais, mas enquanto isso não acontece, eu digo que hoje sou uma pessoa melhor, depois de conhecê-los.
    Se são falsos ou não, ninguém sabe, já que as pessoas que não são virtuais, escondem tanto, que nunca a conhecemos de verdade.
    Mas pra quê conhecermos a fundo uma pessoa, se nós temos nossos segredos também?
    Tudo vai da empatia...
    Falei demais hoje....

    Ainda no finzinho de domingo: Feliz Dia das Mães, amiga!!!!
    Beijos

    Filhos são o máximo mesmo! Amo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clara,
      Voce nao falou demais nao amiga. Sabe, antigamentea minha "rede social" na web era o meu blog e o blog das outras pessoas. Faziamos festas, aqueles concursos, decidiamos em conjunto que cor eu deveria pintar a parede do meu quarto. ja pitaquearam ate quando eu quis mudar de casa. Mas estive em diversas comunidades diferentes e a mais engraçada e animada sem duvida era a do UOL. Quando mudei para o blogspot esperava que fosse bem mais intelectualizada a coisa. O nivel das coisas escritas era bem melhor, mas enfim, houve tantas saidas, que nem chegamos a fazeruma comunidade ou eu a me sentir em uma. Hoje sinto um distanciamento grande do pessoal de blog. Minha impressao é a de que as pessoas mais entram nos blogs das outras para pedirque a gente leia as coisas delas. E nao apenas para conversar, debater um assunto. Nao vejo mais isso. Por falar em ler o que escrvemos, fiz um blog novo , que espero que seja mais comunitario. Eu e uma amiga fizemos uma postagem sobre o dia das maes. Se voce puder da uma olhada é: cameliadepedra.com.br Sao pessoas super bacanas dando seus depoimentos de mae e so tem duas pessoas da blogosfera que nao sei se voce conhece. Espero que nesse blog haja um efeito comunidade e que diversas pessoas possam se juntar para fazer projetos e tal. Beijos amiga, ando sumida por que tb estou cuidando um pouco da saude. Boa semana!

      Excluir
  2. Eu queria muito assistir em 3D. Mas não consegui isso ainda.
    A minha filha já viu na televisão e gosta. Não sei avaliar o quanto é proprio para a idade dela, mas entende tudo, se emociona, faz perguntas interessantes. Uma coisa é certa, é 100% melhor do que estas novelas exageradas em violencia e sexo.

    Bom no lugar de Rose, eu me aventuraria tambem a uma vida mais rica de sentimentos.

    Beijos

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.