17 novembro 2011

E "O PALHAÇO" o que é? É ladrão de mulher?


" O gato bebe leite, o rato come queijo e".... Selton Mello é excelente ator e diretor.

Esse filme imperdível, tem diversas frases como a que eu escrevi acima. Que pontuam as cenas e contam uma história de um jeito poético que só. Com uma linguagem no fazer cinema, mais do que artezanal. É uma escultura, uma obra de arte que costura de forma bem delicada, diversas cenas inesquecíveis. Um fillme para se ter, para se guardar, para ver de novo. Até mesmo para uma pessoa feito eu, que detesta reapresentações. Para esse eu abro uma exceção. E para alguns poucos mais, como por exemplo, "O Carteiro e o Poeta": cinema de verdade. O que tem tudo a ver com "O PALHAÇO".

Um filme cheio de referências, as vezes muito sutis. A cor, o ritmo sem ansiedade, lembra o cinema italiano. Muito. Assim como o personagem de Selton, Benjamim ( bonito né?) lembra em alguma coisa, talvez na suavidade, o "carteiro" de "O Carteiro e o Poeta". E há ali uma referência clara ao filme, quando aparece só de relance aquela que será quem sabe a amada do protagonista: uma atriz que nem chega a falar, mas se expressa com o olhar, o semblante e a fisionomia semelhante à da musa do carteiro- aquela para quem ele faz uma poesia, "metáfora"- uma boca como uma "farfalla". Há outras. Em alguns momentos a cena é apenas um instante, alguém de chapéu e de costas, frente a um muro ou alguém ao lado de uma árvore- quadros que Magritte poderia ter pintado. Essas pelo menos foram as que eu consegui captar. Devem ser muitas e boas.

Selton Mello tem repertório. E uma imensa generosidade em se emprestar aos seus personagens. Igual ou maior ainda, é a sua capacidade de resgatar talentos muito especiais, que pelo tempo, vão caindo no ostracismo. Está ali Moacir Franco como o impagável delegado. "Zé Bonitinho" também faz uma pequena ponta e marca um ponto. Até o Ferrugem, quem não lembra daquele homem sempre menino? Agora faz papel de adulto. E a maravilhosa "Teúda Bara", atriz que trocou de nome e agora não me lembro o outro nome dela. Mas você há de lembrar quando entrar em cena a senhora peituda, que pede a Benjamim para lhe arranjar um sutiã. Excelente.

Naquele picadeiro, Selton Mello e Paulo José- outro ator que sabe comover com um lirismo todo próprio-dão um banho. Uma dupla que vai ficar na memória, como um casamento mais que perfeito. Para ser justa, ali ninguém está mais ou menos. São todos ótimos. O que significa que Selton soube escolher bem seu elenco e tirar de cada ator o seu melhor.

É em filmes como esse que a gente vê bem a diferença entre falta de tensão e apatia. Sem pressa, delicado, mas cheio de vigor. O público não pisca. É delicioso prestar atenção a cada detalhe. Para bom entendedor um pingo é uma letra. E ali está escrito um filme com letras maiúsculas. "O PALHAÇO". Assista. É quase obrigatório. ( imagem encontrada no site Globo.com)

7 comentários:

  1. ah, q delícia! vc tb foi ver! realmente tb fico com vontade de ver e rever muitas vezes. em uma das entrevistas o selton falou q benjamin é o nome real de um palhaço famoso q ele quis homenagear. agora não me pergunta o nome do palhaço q não lembro. é lindo demais mesmo e q texto poético o seu. adorei! e o palhaço chegou a 1 milhão de espectadores. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. Camille!
    Meu filho e namorada viram este filme na semana passada e adoraram também.
    Pretendo ver este fim de semana, mas a sua sinopse está tão perfeita que quase vi o filme todo, pois imagino esta dupla de atores fantásticos atuando um tema tão denso e delicado.
    Escolheram muito bem os atores, penso eu.
    um beijo grande carioca

    ResponderExcluir
  3. Apesar de não gostar do S., visto que uma vez o vi pessoalmente e ele é muito antipatico, sei que é um grande ator e assim que puder vou ver o filme. Já li críticas e são favoráveis tambem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Camille querida,

    Obrigada! É o tipo de filme que amo! Verei certamente.
    Girassóis nos seus dias. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Camille,
    Obrigada pelo comentário fofo lá no blog. Sou muito fã do trabalho do Selton Mello, é um dos poucos atores-diretores que desempenham com perfeição as duas funções.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  6. Camille, o filme eu já vi que é bom, pelo que vc comentou e pelo que comentam. gosto mto dos filmes do Selton Mello, ele é ator de verdade (e não tá preocupado em vender revistinha né)

    eu queria mesmo é te dar os parabéns pela resenha! que delícia de texto, bem escrito, fluência, a descrição.
    pq é mto difícil descrever um filme ou livro sem ser chato. e o seu texto tem um encanto mto saboroso

    bom domingo pra vc e os seus!

    ResponderExcluir
  7. Gostaríamos de contar com o seu apoio para realizarmos a primeira feira dos novos autores, para tanto, precisamos chegar nos 2000 seguidores, exigidos pelo patrocinador que realizará este evento. É muito fácil! Basta seguir http://clubnovosautores.blogspot.com e nos deixar um comentário - " EU APOIO OS NOVOS AUTORES!"
    Aqui, estou te seguindo e contando com o seu apoio!
    Abraços!

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.