31 maio 2011

Reunião de Condominio. Quando será que o ser humano vai crescer?



Acabo de voltar de uma reunião dessas. É uma das primeiras que assisto inteira. Quando voltei a morar nesse prédio tinha tantos problemas prioritários que pouco me importava com o que era decidido nessa pequena célula social. Hoje é mais que uma obrigação estar presente e ver o que andam fazendo por aqui. Mas estar bem informada sobre a política dessa vizinhança tem um preço. Mais alto do que o condomínio: assistir sem cortes, o drama da comédia humana. Aqui se pratica bullying, como se fosse no recreio de uma escola sem uma boa psicóloga. É um show de omissões, de comentários paralelos, milhões de ironias veladas ou abertas. Conchavos descarados. Covardes dissimulados...Uma neurose borbulhante.
Vejam as palavras que estou usando. Não são nada abonadoras. Tive péssima impressão. O sindico e o subsindico até então- hoje teve votação para novo sindico- são muito ausentes, viajam quase toda semana a trabalho e colocam o zelador no cargo. O resultado disso é - vocês assistiram ao filme "A Experiência"? Um grupo de voluntários veste uniformes de carcereiros e de encarcerados. A partir daí, a loucura se instala. Pessoas perdem a identidade. Se mostram submissas, aceitando todo o tipo de humilhação. E as que tem o uniforme do poder se tornam um tanto nazistas. É como o zelador-síndico daqui vivendo sua "experiência". Dá para culpá-lo? Não. É a ignorancia, o despreparo, associado a um poder ilusório e aceito pela maioria, talvez por comodismo.
Enfim, chatíssimo. Discussões um tanto inúteis. Mas quem quer ser síndico? Eu não quero.
O filho de um proprietário quis. E quase foi barrado pela "lei". Ele não é verdadeiramente um condômino, é filho do condômino. Como sair desse impasse? Pelo amor de Deus, vamos mudar a cara desse poderzinho. Aff. O pai do rapaz aceita "assinar a cadeira" para que o filho exerça. Sangue novo, quem sabe bom.
Tomara que a próxima reunião de condominio seja só no ano que vem. E que eu esteja de férias. Longe daqui, com um bom motivo para faltar e deixar para lá. Só alegrias.
(imagens: "pensamento" encontrado no Google e Charles Chaplin em "O Grande Ditador")

7 comentários:

  1. estamos com problemas assim aqui no prédio. síndicos ausentes geram falta de liderança aí vira o caos realmente. o difícil é fazer o síndico q se acha deus entender q apesar dele ser informado, bem intencionado, se ele não atender as solicitações, usar de bom senso, conversar, a questão vira um terremoto. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  2. É isso mesmo. O daqui some todo o tempo, delega ao zelador-carrasco nazinsta. E quando aparece grita. Ainda bem que ele esta indo embora do predio e ontem deixou de ser sindico. Ainda assim vai continuar mandando de fora. Fez muito projeto de obras... sabe como é ne? As empresas que ele considera as "boas" sao as escolhidas por votaçao. Por que a maioria nao pensa, tem medo ou sei la. Enfim, coisa chata.....mega chata!!!
    Tomara que o seu terremoto passe logo.Bjos

    ResponderExcluir
  3. um tanto qto familiar...rs!!! eu sou membro do conselho, o sindico trabalha em sp, quase todos os finais de semana viaja e quem mandava na bagaça era eu!
    agora cansei, me faço de tonta e deixo o baile andar.
    meu prédio é pequeno, embora o apto seja grande...rs! mas é um saco 100fim!
    bj!
    ps: add vc. no msn...ve lá e qdo der me chama! já faz tempo!

    ResponderExcluir
  4. Oi Camille!

    Realmente uma tortura participar dessas reuniões: eu não vou nem amarrada! Condomínios são como loteria: a gente nunca sabe o que ser... rs Espero que melhore daqui em diante com novo síndico.

    Saudade de você moça, some não !

    beijo grande para você e filhota querida. Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  5. Nunca fui, mas o síndico do meu prédio é competente e mantém a ordem geral

    Bom fim de semana

    =)

    ResponderExcluir
  6. Não há impedimento legal para que o filho de um condômino seja síndico. O síndico pode até ser um terceiro administrador, não residente no prédio, desde que a maioria do condomìnio o aprove.

    ResponderExcluir
  7. Pois olha que fizeram o maior show no meu predio. A administradora foi a primeira a dizer que nao podia. E o garoto so pode se eleger por que o pai ficou ocupando o cargo para ele exercer. Nao sabia que que pode. Pois no meu predio nao pode. E assim foi. Dificil esse predio, nao estou dizendo? Enfim... bom domingo para voce!!!

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.