28 novembro 2010

Eu também .


Faz tempo que saí do Rio e chamei outras cidades de "minha cidade" como hoje faço com São Paulo.
Durante meu casamento, cheguei a detestar o Rio por motivos totalmente pessoais: cada vez que ia lá me aborrecia, me desgostava com o que tinha que suportar de umas "filhas de pombo".
Mais tarde passei a compreender o Rio pela ótica do livro de Caco Barcellos, sobre a guerra do narco trafico. Uma realidade bem complicada, que ele explicitou de uma forma claríssima, sem fantasias e assutadora para quem entendeu.
O Rio de Janeiro é uma cidade de boa índole, se é que se pode chamar assim uma cidade. Muito do que falam dali é preconceito, despeito, falta de respeito , não apenas para rimar.
E muito é verdade. O Rio é uma cidade deslumbrante e deslumbrada, é terra de BBB, onde todo mundo acha que é um pouco artista. É preciso dar limites, como se dá a uma criança. Para o Rio deixar de fazer tolices e ser a grande cidade que poderia ser.
No mais, quando eu estou fora do país e digo algo como : quando a gente voltar.... muitas vezes digo Rio. Até hoje. Por que a minha cidade, mora no meu coração. I LOVE RIO sim. E quero que o Sol nasça todos os dias ali, para trazer um esplendor de um dia gostoso, prazeroso e sem medo de ser feliz.
(imagem retirada descaradamente do post do Jens. A referencia deve estar la)

14 comentários:

  1. Ah, Camille, eu bem sei o que é este amor por esta cidade!
    Também sinto o mesmo quando estou distante, mas quando vejo de perto o abandono e a transformação que ocorreu nestes 30/40 últimos anos, dá vontade de não mais voltar.
    A esperança está nas ações e novas construções que irão fazer daqui pra frente para as próximas olímpiadas.
    Vamos torcer pelo Rio, ele merece.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  2. Oi Camile.
    Oportuna esta manifestação de apreço à Cidade Maravilhosa nesta hora complicada. Felizmente, parece que as coisas estão serenando por lá. Compartilho do teu sentimento.
    (Não inclui o crédito da imagem, que recebi por email, por não saber a fonte).
    Beijo e uma ótima semana pra você.

    ResponderExcluir
  3. Oie...
    Cam fiz um post novo por sua causa.
    Tenho andado bastante ocupada, quase nem assisto tv, mas vi no twitter as pessoas postando sobre o Rio. Dá medo e pena.
    Sempre que fui ao Rio, fui com medo.
    Gosto do Rio.O Rio é lindo! Só queria que tivesse menos violência.
    Bjks e boa semana!

    ResponderExcluir
  4. O Rio é apaixonante, todos estamos torcendo para que as coisas melhores ainda mais por lá.
    Camille, não recebi outro e-mail, o meu e-mail é: jeannegeyer@gmail.com
    Quanto aos espiritos, não devemos ter medo, devemos temer a violência dos vivos...
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  5. É isso!
    Complicado sintetizar tudo o que está acontecendo, só quem viveu ou conhece bem a história, por ter vivido lá e não apenas passado por lá.
    Espero e quero muito que venha finalmente a PAZ!
    Enfim, seu post 'tá super!
    Abraços,

    ResponderExcluir
  6. Gostei do "retirada descaradamente" e "a referência deve estar lá".
    Não conheço o Rio, Camille.
    Mas é uma cidade-referência do Brasil. Desejo muito que a paz esteja sempre por lá e um dia vou conhecê-la, sem o medo que muitos brasileiros têm.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  7. Eu só me pergunto o que será que está por detrás de tudo isso;)

    Bjao

    ResponderExcluir
  8. Foi um ótim o trabalho da polícia, marinha e exército.

    Espero que dure para sempre

    =)

    ResponderExcluir
  9. Eu confesso a você que não vejo muita graça no Rio. Lembro quando estive lá e me senti sufocada, rodeada por coisas que me agrediam. Eu vinha de um outro estilo de vida e não estava disposta a fingir que tudo aquilo era bonito. Sempre observava a questão de cidade maravilhosa com pouco caso e ainda hoje não consigo gostar do Rio, com todo aquele calor, aquele ar salgado, com praia por todos os lados. Aff
    Mas acho que é preciso fazer alguma coisa por aquela cidade sim porque é lamentável ver uma cidade transformada em refém de meia dúzias de pessoas.
    E o que eu acho lamentável é que tem gente que diz "eu não tenho nada a ver com isso". Claro que não, a guerra nunca é problema de ninguém, não é mesmo? Bacio

    ResponderExcluir
  10. E quem não ama o Rio?? Eu amo sim e acho uma das cidades mais lindas do mundo, espero que o Rio e o Brasil consigam a paz!
    Beijos, Cam.

    ResponderExcluir
  11. "Aquele Abraço"!....

    ResponderExcluir
  12. Cam, comeca hoje...


    E hoje viemos até aqui para te convidar para ler o desafio que lancamos no blog este mês: Me convenca em 3 frases porque devo ler este livro.

    Neste mês super agitado nada como uma super dica relâmpago de um bom livro como presente de natal.

    Te esperamos lá.

    Abracos

    ResponderExcluir
  13. Morei no Rio em dois lugares somente, dois bairros que mesmo localizados dentro da mesma cidade, as pessoas se diferenciavam ou colocavam diferenças entre si. O carioca é mesmo "marrento" mas a índole, vem das experiências que passou! Mas não podemos colocar o que passou dentro de uma caixa e fechar! As pessoas da paz que estiveram em contato com a guerra carregarão para sempre essa opressão na alma e de certa forma isto é bom, porque quando não se quer que algo ruim retorne, criamos defesas contra este mal. Imagina que o medo, o bichão papão das crianças no Rio são reais. Saí do Rio por causa da violência e deixei de gostar da cidade pelo mesmo motivo - Mas as pessoas que conheço lá, mesmo cariocas, não amam o Rio como antes. Hoje o que sentem é um amor platônico, saudoso e distanciado. Beijus,

    ResponderExcluir
  14. Quando eu digo: RIO, EU DIGO BRASIL...
    NUNCA MOREI NO RIO-MOREI EM SAO PAULO, UM TEMPO- MAS O RIO É A CARA DO BRASIL

    QUE ELE SE REERGA....MERECE E MUUITO
    BJS E DIAS FELIZES

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.