22 novembro 2010

Comer, Rezar e Amar e outros filmes.


Estou aqui fazendo hora para levar o carro na oficina. É, como se não bastasse todos os probleminhas diários, mais esse. Embreagem ruim ou algo assim. Aquela barulheira para arrancar. Deve ser isso. Assim posso me dar uns minutinhos para escrever alguma coisa. O mecanico aqui ao lado, só chega 13.30h, 14.00h.
Ainda não assisti Tropa de Elite 2 ou Dzi Croquettes, filmes tão comentados. Em compensação, assisti uma porção de outros: "Splice" uma história de engenharia genética e clones que a gente se pergunta- o que o "pianista" Adrien Brody esta fazendo ali? Assisti tb "Love Hurts", história de um casal que se separa, o marido cái na gandaia e depois começa a perceber o valor da ex-mulher, coisa que antes não via. É...pode até ser. Mas quem não reconhece valor, não reconhece. Pode depois sentir falta da vida que levava, mas dali um mês deve estar igual que nem. Mas filme americano, salvo os de terror, não tem permissão de terminar deprimido. Os mocinhos sempre se salvam e tem final feliz. Por isso o terror pode ser o que de mais avançado eles tenham em termos de movies. Mesmo assim, costumam ser péssimos.
Algum filme de terror interessante para lembrar? Eu tenho um: "Fome de Viver". Marcante, especial, história de vampiros, hiperrrrrrrrrr humana. Mas já faz tempo e acredito que a produçao tenha sido européia, por que além de Susan Saradon, tinha Catherine Deneuve e David Bowie, francesa e ingles (acho, se não for irlandes ou escocês). E filme europeu pode terminar como o autor quiser. Não tem aquele compromisso com a venda, com a bilheteria de massa.
Assisti " A Estrangeira", filme alemão sobre os dramas de uma família turca. Triste mas bom filme, fora do lugar comum de sempre. Assisti "Destinos Ligados" com Samuel L. Jackson fazendo um improvavel par com Naomi Watts. Mas até que quando os atores sao bons a gente acredita na "quimica". E eles são muito bons mesmo. Vale a pena, apesar de trissste também.
As comédias que eu assisti nem vale a pena citar. O momento do mundo anda ruim para comédias pelo visto. Tem alguma boa em cartaz? Não sei. Talvez o tal Red. Aposentados e Perigosos? Com Bruce Willis? Não levo muita fé. Mas quem sabe?
Tentei assistir novamente o do Leonardo de Caprio que eu abandonei no meio em Paris. Aqui fiz a mesma coisa, apesar da legenda em Português- "A Origem". Não ha como entender, sequer prestar atenção. Chatérrimo, fingindo que é "cabeça".
E finalmente assisti "Comer, Rezar e Amar" que todo mundo meteu o malho. Eu gostei. Já tinha lido o livro, que tb não é nenhum brastemp, marketeirinho sim, dá para entreter, mas longe de ser eterno. Então tendo lido o livro, criei uma cumplicidade com a autora, bem encenadíssima pela Julia Roberts. É só ser a Julia Roberts mesmo, que dá tudo certo. A cara da americana que dá certo e ainda pode servir de exemplo para as outras pessoas. Esse não é "o" papel de Julia Roberts? Uma atriz auto-ajuda. Ruim o filme não é. Não cansa, prende a atençao e a gente torce pelo personagem. Torce também o nariz por que o Javier Barden está meio gordo provavelmente para parecer mais velho. ( Tenho uma amiga que mora há anos na Inglaterra que outro dia me escrveu um e-mail: vi um filme chatérrimo "Eat, Pray, Love", você viu? E ainda tinha um péssimo ator, horroroso e se "achando" e fazendo o papel de brasileiro...Dei muita risada. Falei: o que ? Você não sabe quem é o Barden? Em que mundo você vive? Ele é otimo ator, já fez os filmes xyz. Maravilhosos. Chato ver que não chamaram um brasileiro para o papel. Mas quem? Antonio Fagundes, nosso meia-idade de plantão. O Rodrigo Santoro que faz carreira no exterior? Muito novo. Ou quem sabe o "presença de Anita de Manoel Carlos", nosso "galã" sofrivel? Fico com o Barden. E na dúvida, colocaria Will Smith no papel, deixaria tudo mais interessante. Dificil seria escuta-lo falar Português, precisaria de dublagem. E ai perde a graça por que um ator, ainda que lindo, é o conjunto da obra.
Enfim, é isso, cansei e tá na hora da oficina. Ha quanto tempo eu não falava de um filme... por que assistir, assisto sempre. Tina!!!!! Minha personal treineee para filmes, venha ler esse post !( Ai que sirigaitice a minha!!!!- já diria minha avó)
Como o ser humano é vaidoso não é? Quer ser apreciado. Beijos para você Tina! Para vocês também.

5 comentários:

  1. Começo a achar que tenho assistido poucos filmes. Em quanto tempo assistiu todos esses fimes? Gosto das suas críticas televisivas também! Que tal o Leonardo Medeiros no lugar de Javier? Não que ele tenha sido mal, mas fazer papel de brasileiro?
    Matutando aqui qual pergunta que não te respondi! Camille, ando em falta com todo mundo :( Beijus,

    ResponderExcluir
  2. Oi Camille

    Eu sinto tanto não poder mais ir ao cinema. Não consigo ficar muito tempo na mesma posição e lá não tem "pause".rsrs
    Então sempre assisto depois que sai em DVD.
    Mas você é campeã hein?
    Estou com o livro aqui do "Comer, Rezar e Amar". Comprei esses dias e nem comecei ainda, estou com outros na fila. Então até eu ler o filme já estará à venda. Quando há livros prefiro lê-los primeiro, e nem sei porque vejo o filme depois, porque sempre fico desiludida. Criamos nossos próprios personagens e cenários não é verdade?

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  3. Oi, Camille!
    Também ando meio fora das salas de cinema, embora adore!
    O último que assisti foi justamente este "Comer, rezar e amar" e gostei muito. Mas, estive nas bocas para assistir ao Tropa de Elite 2 e não consegui entrar, pois tinha acabado os lugares e achei até bom sabe?! Não gosto muito de violência e ia só por causa do maridex que estava a fim.
    beijins cariocas

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei de Comer, Rezar e Amar. Claro que o português do Javier Bardem não é uma maravilha, mesmo pq o cara é espanhol. Não levo em conta as críticas. Cada pessoa tem uma opinião.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, vim dar meu pitaco!! rsrs

    Eu gostei mais de comer, rezar, amar o filme do que do livro! Gosto da Julia Robert, mas as partes chatas do livro tb são chatas no filme, eu achei!
    Havier Barden vale muito a pena ser visto!!

    Tropa 2 eu ADOREI!! Melhor que o 1 e muito bem produzido!

    RED, assisti essa semana é é DIVERTIDÍSSIMO!!! Muito bom...adorei ver o Bruce dando uma de Old, que ele é na verdade.

    Sou cinéfila e amo ir ao cinema! Nada se compara a tela grande!!!bjo

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.