15 outubro 2009

O Juiz e o caso do "solene corno".

Tem até uma frase "linda", "nobre" e "fina" que diz : "de bunda de criança e de cabeça de juiz, pode sair qualquer coisa". E por falar nisso, hoje dei muita risada, ao ler o caso do homem que processou o amante de sua esposa, por danos morais.

Entenderam bem? Sim, por que eu custei a entender, li umas três vezes. O cara não estava divorciando da mulher, nem processando a mulher, ele estava processando o amante da mulher por danos morais. Ou seja, ele estava processando o sujeito por violação da propriedade alheia, por violação de sua posse, sua propriedade , sua mulher.

Meu avô quando era vivo, um "ilustre causidico" gostava de assistir televisão e de vez em quando remomorava um programa do Flávio Cavalcanti, apresentador polemico que morreu faz muitos anos. Uma vez dizia ele, um homem foi ao programa propondo trocar sua mulher por uma vaca leiteira. Sim, exatamente isso. Está pau a pau, com a noticia acima, de hoje, que li no UOL.

Assim, diante dessa aberração( tão comum que dá dó da nossa cultura), o juiz deu uma sentença desfavoravel ao reclamante, mas muito favorável a chamá-lo a realidade: disse tudo isso no texto- que a mulher não é propriedade do sujeito, que não via por parte do cidadão que a xyzeu nenhum ato de difamação ou imoralidade e terminou dizendo que o reclamante era um "solene corno".

Gente, juizes, advogados e afins não são minhas predileções para amigos. Nem para trocar uma idéia no botequim mais próximo. Mas confesso que adorei o que esse juiz fez. Por que afinal de contas, que pouca vergonha desse senhor, policial, tratar a esposa como coisa sua. Merece o chifre o solene corno? Bom , em briga de marido e mulher ninguém mete a colher...ele que fique com sua "Norminha". O que é do gosto, regala a alma.

E o que saiu como foco da noticia foi que "juiz dá sentença com palavras de baixo calão". Fala sério, o juiz so escreveu "corno" e falou sério. Sério mesmo.
foto da revista Contigo retirada de pesquisa no Google: atriz Dira Paes e "Seu" Abel

10 comentários:

  1. Bem feito! Além de corno, ignorante, hehehe...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Além de corno, um belo idiota, para querer se expor desta maneira.
    Eu ficaria quietinha, dentro do meu esconderijo de vergonha.
    Felizmente temos pessoas de bom senso.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  3. Aqui nós usamos muitas expressões com a palvra cornomas uma em especial cabe bem a este caso: "Todo castigo para corno, é pouco".
    Um beijo enorme minha amiga e tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  4. O que faz uma pessoa por dinheiro, não? Quanto de indenização ele pediu pelo uso da 'coisa'? Sabe que lá em Minas Gerais, damos outro nome para este corno (rs*)

    * A postagem não era aquela e sim esta - http://retwt.me/IVDj

    Bom fim de semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10:09

    BEM, PELO MENOS ELE TENTOU AS VIAS LEGAIS. SE FOSSE EU, TINHA CASTRADO A PIRANHA E DADO UMA BELA SURRA COM VÁRIOS CHUTES NO SACO DO AMANTE FILHO DA PUTA. E COM RELAÇÃO AO JUIZINHO DE MERDA, NADA COMO UMA PERSEGUIÇÃO FEDERAL PARA FERRAR COM A CARREIRA DELE.

    ResponderExcluir
  6. Não sei se há jurisprudência nesse caso e se o juiz agiu corretamente.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. De toda maneira acho super "fofo" comentarios anonimos. Nesse caso a gente pode imaginar de quem seja não é? É de algum homem valente, que ama sua mulher e sabe segurar a moça com seu profundo respeito e sua mais potente virilidade...

    ResponderExcluir
  8. Anônimo16:54

    Para >> Anônimo 17 de Outubro de 2009 10:09

    Tais comentários são mero evidencia, quanto a falta de educação e respeito das pessoas para com as outras. Pessoas recalcadas são as mais vistas com olhos tortos pela sociedade, suas palavras absurdas, deixa claro o tipo de pessoa que é.

    ResponderExcluir
  9. Assina o que diz. É assim que a gente faz quando quer ser minimamente respeitoso e respeitavel.

    ResponderExcluir
  10. entendi que o rapaz ficou chateado pela traição, não que ele se sinta dono dela...o juiz não soube interpretar.

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.