10 outubro 2006

'Não sou feliz mas tenho marido" e "Instinto Selvagem 2"

Sexta fui assistir a peça -Não sou feliz, mas tenho marido-, um monólogo interpretado e muito bem, por Zezé Polessa. No mesmo dia, quando cheguei em casa, assisti Instinto Selvagem 2 com a Sharon Stone.
Adoro ver relação entre uma coisa e outra. E escrevi um texto, que sumiu do post por algum mecanismo que não compreendo, restando apenas o título. Até que foi interessante por que duas pessoas comentaram e colocaram ai alguma semelhança entre as duas atrizes: faixa etária. E acho que vai parando por aí. Na verdade eu nem queria comparar pessoas, mas personagens. O que é meio difícil, a gente acaba embolando. Agora vou resumir, escrever de novo um post é demais de ruim:
A peça com a Zezé é longa, 1h50. Quer dizer, é meio chata, senão eu não sentiria o tempo passar. O texto fala de uma mulher de 50 anos. Mas o tipo de problema vivido parece ser, o de 50 anos nos anos 50. Aquela coisa de abdicar de uma profissão, cuidar do marido barrigudo que não beijà na boca, reclama da comida e no final das contas ainda a troca por uma ?ninfeta?. Zezé consegue fazer graça de qualquer coisa. Mas do jeito que a platéia ria de dobrar, imaginei que esse tipo de drama ainda é coisa bem presente, mesmo numa cidade que se pensa tão cosmopolita como São Paulo.
Instinto Selvagem 2, como o título sugere, já é um filme de ?segunda? mesmo. Mas tem ainda alguma coisa interessante, como o conflito ético de um psicanalista ( traduzido insistentemente como psiquiatra) quanto a revelar ou não segredos do divã. Segredos graves, crimes. Como se pode esperar o profissional mas nem tanto, fica refém de seus pacientes. Ok. Lamentável é o diretor do filme exigir da cinquentona e lindézima Sharon Stone, caras e bocas ?sexies? como se ela precisasse desse recurso mas do que antes quando era mais jovem e igualmente bela. Na primeira produção a atriz está bem mais natural e isso faz a graça toda. Você não sabe se ela é bandida, mocinha, ou o que. Neste filme você também fica sem saber, mas por que o roteiro é confuso e a direção é péssima, do que por ser de alguma forma instigante.
De qualquer maneira, não deixei de imaginar o talento de Zezé Polessa ? capaz de ir do humor escrachado a mais fina melancolia num piscar- numa Broadway ou numa Hollywood. Ela daria um show em filmes de Woody Allen por exemplo. E Sharon Stone? Com essa carreira de bela e sexy antes de mais nada, se tivesse no Brasil, talvez fosse a Vera Fisher 2 ou conseguisse o mesmo feito que Rita Cadillac: ser a rainha do Carandiru. Que Deus abençoe nossos atores, tão esforçados nesse país também sem oportunidades para eles, que mesmo assim tiram leite de pedra. Amém.

Comentário meu sobre os comentários: acho esse tema legal sim, e tambem sei que Sharon Stone é hiper inteligente, superdotada até. A questão é que as pessoas carimbam em cima: loura,sexy. E os personagens giram por ai. A vantagem é que em torno dos 50, quando os papéis começam a ficar raros nos EUA e as atrizes reclamam muito, a maravilhosa Sharon ainda tem filmes para fazer como a gostosona do pedaço. Supera um outro preconceito, o da idade. Beijos para todos vocês.
Mais sobre a poderosa Stone: ( 12/10- deu no UOL)
A atriz americana Sharon Stone, 48, será mestre de cerimônias nas festividades do tradicional concerto de 11 de dezembro em Oslo, em homenagem ao ganhador do Prêmio Nobel da Paz. "Ela é famosa e está muito comprometida com os assuntos políticos e humanitários", disse Geir Lundestad, diretor da Fundação Nobel Nobel.
Mais uma coisa que nossa talentosa Zezé só teria acesso pela televisão...

12 comentários:

  1. Aaaaahhhh, agora entendi. Eu vi o post anterior e fiquei sem saber o que dizer, não sabia se perguntava... então, fiquei quieta ahaha. Mas, sem querer dar uma de nacionalista, acho que a Zezé Polessa ia se dar melhor lá do que a Sharon aqui, no mínimo ia virar atriz do Zorra Total... Credo! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Mas Camille, Sharon Stone não é somente e unicamente uma beleza ela é muitissimo inteligente.

    Quanto a Zezé Polessa somente conheço atraves da TV.
    Adorei, a fusão que você fez mencionado o teatro a tela e as duas personagens. Os paulistanos vão muito à teatro?

    Como está o preço?
    beijos

    ResponderExcluir
  3. lou, não sei não. Imagina a Polessa fazendo 'Instinto Selvagem' 2, e a Stone 'Não sou feliz mas tenho marido'. Quem ia ter mais público? ahahaha

    ResponderExcluir
  4. e eu pensando que você estava fazendo uma espécie de enquete...rsrsrs

    Bom, não vi Instinto Selvagem 2 e muito menos a peça, ja que estou ha muitos quilômetros de São Paulo mas acredito que tanto a Sharon quanto a Zezé são ótimas atrizes e têm potencial para brilhar em qualquer palco.

    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi querida!

    Muito bom esse post: eu estava pensando mesmo em ir ver essa peça (faz tempo!)mas agora decidi: vou! (mesmo que seja para sentir o tempo passar...rs)

    Sharon também é boa atriz, A Zezé idem, mas vivem em Universos diferentes.

    beijos,

    ResponderExcluir
  6. Camille, a Zezé Polessa é maravilhosa! eu vi "Florbela Espanca" com ela e parecia que via a outra ali e não ela, a gente esquece que ela está representando, talvez naquele drama, num monólogo, dê para sentir melhor o talento dela. Concordo com vc, a Sharon é linda, mas seria um Vera Fischer, uma pena o que acontece aqui com os atores.
    Mudando de assunto, eu vejo a novela quase sempre e tem uns atores tão ruíns que fico pensando por que não escolheram outros talentosos, são tantos...
    bjs laura

    ResponderExcluir
  7. Anônimo09:16

    As pessoas são previsíveis e gostamos de nos identificar com os personagens. Garanto que na apresentação da peça, viu muita gente cutucar o outro e dizer, mesmo com os olhos, viu?
    Fiquei curiosa!
    Pra mim Zezé Polessa e Sharon Stone não têm nada em comum, quem sabe o gosto pela interpretação. Mas isso só elas podem dizer.
    Beijus

    ResponderExcluir
  8. Camille, eu que também sou atriz conheço bem essa questão do rótulo. Nos veículos de massa isso é muito forte mesmo. E tira grande parte da magia do trabalho do ator, na minha opinião. Porque a magia do ator é exatamente a mutação, transformar-se em algo que ele absolutamente não é. Se ele acaba fazendo sempre aquilo de que ele 'já tem cara', perde muito da graça. Pelo menos eu sinto assim. Como atriz e como espectadora. bjoca!

    ResponderExcluir
  9. Oi Camille.

    Ao que parece, a Sharon Stone tem mesmo QI de génio. É claro que o tal do cliché das loiras-burras serve de carimbo para todas e não há excepções à regra. Pessoalmente, não sou muito dada a loiras mas admiro muito a Sharon.

    Beijos portugueses.

    PS - Desculpa entrar assim no teu blog e ir logo dando a minha opinião.

    ResponderExcluir
  10. Oi Camile, obrigado pela visita. Vc assistiu à SOPPA num dos poucos dias com casa cheia. Não fui feliz na minha temporada paulistana. Que bom que Zezé está indo bem. Ela merece.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Camille, Sharon ficou mais linda na maturidade,o que comprova que ela é uma mulher inteligente - mas 2 é realmente difícil de engolir! uma pena!
    bjs!

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.