01 julho 2006

Cid tal e qual Marcola. Ou o sursis das artes plásticas.

Leio no jornal de hoje, Folha de São Paulo, que Cid Ferreira, ex- banqueiro do "Banco Santos" foi reincorporado ao conselho da Bienal de Artes Plásticas de São Paulo. Ou seja, lá do xadrez vai dar suas cartinhas a respeito de curadorias e coisas do gênero que acontecem em bienais. Não entendi isso. Deveria?
Leio também que o artista plástico Cildo Meireles, que só conheço de nome e não de caráter, mas dá para ter uma ligeira idéia de que não é um bobalhão, está decidindo- mas ainda não decidiu, se vai expor ou não suas obras este ano, em protesto a essa participação de Cid. Também não entendi. Por que só Cildo?
Nas minha contas uma decisão como essa deveria criar um reboliço total na imprensa, na Bienal, na cabeça dos artistas que, ao que me conste, sempre foram considerados a"vanguarda" do país, e não a massa atrazada desentendida das coisas. Capaz de aceitar um prisioneiro, por corrupção, assim sem espanto nem protesto. O taldo Cid é que tem que sair e não o Cildo e isso só acontecerá se houver uma atitude coletiva. Ai penso, para tentar entender: Cid Ferreira está preso- preso também, diga-se de passagem, na gestão desse governinho gauche, de um partido que já foi a maior oposição e esperança desse pobre Brasil, mas esse é outro tema- faz parte do que estou escrevendo agora mas são cenas talvez de um próximo post.
Voltando ao Cid, "que fofo", aquele mesmo, que apareceu certa vez na capa de Vejinha sentado numa espécie de cadeira- trono, em resportagem que se perguntava a diversas pessoas qual a sua paisagem paulista preferida. Este pequeno "rei" respondeu cheio de pose- a sala de minha casa. Casa? Aquela mansão extraordinária," propriedade" de uma offshore no exterior. Muito "legal."
Deve ser legal também que, tal e qual Marcola, essa pessoa antipática possa governar a bienal detrás das grades. Mandar e desmandar. Afinal de contas, Cid perdeu a legalidade mas não o poder. Deve ter muito, mas muito dinheiro lá fora. E sendo assim, pode continuar sendo mecenas de montes de artistas mortos de fome, que em nome da sua arte e da contínua falta de oportunidades ou de apoio do governo brasileiro, continuarão se vendendo para alguém que, provavelmente por vaidade- caracteristica basica do mecenas- vai lhe pagar uns trocados para continuar babação de ovo. Para ficar caladinho na em hora que Cidinho o rei deposto, mas não morto , volta como importante na Bienal. Vergonhosa posição? O que é isso de vergonha, caráter, posição nesse país desgraçado?
E por que Cildo Meireles o tal que protestou, ainda não tomou sua decisão final? Suponho que, no nosso Brasil, que amo o esqueleto, mas de jeito nenhum a fantasia atual, o artista deva estar com medo de sua tomada de posição. Seus colegas o devem estar alertando para o perigo de ser banido em próximas bienais. E para o fato de que, Cidão deverá sair da cadeia impune, imperador das artes, dando todas as cartas novamente e aí, o Cildo vai virar Cildinho pela lei do mais forte.
Será que a mãe de Cildo nasceu analfabeta? Será que a mãe de Cid também? Será que um dia vamos ter um pais onde os poderesos serão menos filhos da mãe?
Qualquer coisa, estou votando no Fernando Gabeira. Deixo aqui registrado para mim mesma. Só para dizer que ainda tenho uma esperança, que até é verde, por que é o nome do partido de meu candidato que não é candidato. Mas dentre tudo o mais, dentre o conjunto da sua obra, admiro sua coragem de botar a mão na cara de um vampiro numa CPI e dizer em cadeia nacional: vossa excelência é um ordinário canalha.
Aí Cildo, para fazer do Cid um Cidinho, mantenha sua posição firme. Estou torcendo por você. Não te conheço, mas se for firme, me tornarei sua fã. Como eu, mais um monte de gente que não quer o Brasil comandado por uma espécie de PCC em todas as suas instancias.

2 comentários:

  1. Nossa, que coisa estranha (quem mandou eu não ler o jornal hoje). Acho que O Poderos Chefão precisa de uma reedição depois do Marcola. Beijos

    ResponderExcluir
  2. O Cildo Meireles está certo de botar a boca no tromnone. Abs, laura

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.