17 junho 2013

Ado, Ado, Ado, cada um no seu quadrado. E como eu não me importei com ninguém...

INTERTEXTO



Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro

Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário

Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável

Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei

Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo.
Bertold Brecht
Importar-se com o mundo em que vivemos é altamente questionável. Importar-se com o que? Com aquilo que me diz respeito? E o que me diz respeito? As coisas que eu gosto? As pessoas que eu amo? As que admiro? Minha casa? Minha rua???? Meu bairro???? Quem sabe, meu quarto? Minha cama? Minha roupa de baixo? Ou será que tenho a ver com minha cidade? Existe algo que diz respeito a mim na cidade em que vivo? Meu país... É meu esse país? O país dos outros, os outros continentes? Os oceanos... Será que a escassez de alimentos no mar me diria respeito? Não gosto de peixe... Mas se faltar peixe no super mercado será que todas as pessoas irão disputar meu galetinho preferido? Não sei. Que idéia besta, loucura. E a minha loucura? Será que  isso é o me diz respeito? Meus pensamentos, o que acho dos outros, o que sinto do que os outros acham de mim...E quem são os outros? Os que não conheço? As pessoas que eu amo? As que admiro? Já nem posso distinguir. Será que você que está lendo essas mal-traçadas linhas, me diz respeito? E quem poderia estar lendo, a não ser eu mesmo, trancado que estou em minha solitária cela? Não sei, não mesmo. Vou ver lá fora. Estão gritando, estão pedindo coisas. Direitos? Ouvi direito mesmo?  Será que direitos me dizem respeito? Será que tenho algum dever em lutar por seus direitos? Vai ver, são meus direitos e nem sei direito. Vou lá. A porta está aberta. Como sempre, aliás. Mas agora posso sair. Quero. Esse quadrado, já não me diz respeito.
Lutar por uma causa pode ser altamente saudável

 Se matarem todas as cobras, haverá uma infestação de ratos,
E por aí vai. Tudo nesse mundo está implicado.
Pense e responda:
O aumento das passagens diz respeito a você?

(fotos do UOL Notícias)

8 comentários:

  1. Querida Camille!
    Seu post maravilhoso me chatou a comentar, pois você que estou estes dias militando pelo Facebook, afinal quem não pode estar presente nas ruas, pode fazer muito na internet já que a mídia internacional está de olho no que falam por lá.
    Camille este é um momento único e se o povo realmente se unir, não deixar que as infiltrações que políticos ou empresários colocam no meio para depredar nossas ruas, com certeza será um gigante que se levanta e com uma voz enorme, engasgada de tanto que engole nestes últimos anos.
    Não militei quando era jovem, pois fui uma alienada por conta do sistema, meu filho me jogou isso na cara outro dia, mas hoje, se eu puder vou pra rua e enquanto não vou, aproveito o espaço virtual para me manifestar e dar apoio a estes jovens, pois sabemos que não é pelos 0,20 centavos, é por bem mais que isso.
    Perceba no vídeo abaixo, como a polícia é despreparada para lidar com as massas, fiquei horrorizada com os palavrões que um deles usa para mandar uma pessoa que filmava desligar o vídeo. A falta de educação impera em todos os níveis, principalmente naqueles que detém o poder nas mãos.
    Veja aqui: http://www.facebook.com/photo.php?v=297881930347743

    um grande abraço carioca


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É voce esta certa. Percebo que a policia é despreparada e alienada. Esta ali metendo o pé na cara de quem está lutando por algo que tambem lhes diz respeito. Sao treinados para não pensar. Lamentavel. Militancia é uma coisa que se faz a qualquer tempo. Vai ver seu tempo de abraçar uma causa ou mais ate é agora. Que bom Beth. Vai fundo que o mundo esta precisando, de gente boa como voce. E obrigada por ter vindo ler. Bjao!

      Excluir
  2. Oportunas e sensatas palavras, Camille. Na verdade, um alerta para aqueles que ainda não perceberam que nenhum ser humano é uma ilha isolada. A propósito, reproduzo a observação do poeta John Donne: “Nenhum homem é uma ilha isolada; cada homem é uma partícula do continente, uma parte da terra; se um torrão é arrastado para o mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse a casa dos teus amigos ou a tua própria; a morte de qualquer homem diminui-me, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti”.
    Abraço e beijo para você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo texto. Esta como uma pequena introdução do livro do Hemingway. Excelente escolha. É isso ai amigo, estamos todos interligados por cordões invisiveis. Obrigada por seu comentario tão bacana. E cade o blog? Hehehehe. Volte para blogosfera criatura, aqui é seu lugar....

      Excluir
  3. Amei o texto, e é exatamente isso mesmo. O aumento de 20 centavos foi só o estopim. E podemos sim contribuir com essa luta, com essa manifestação ao seu modo. Todos nós somos interligados e temos que estar unidos e mais fortes para isso.
    Beijos
    Adriana
    Adorei o seu blog! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso Adriana, concordo com voce. Todos nós somos interligados e percebendo isso seremos mais fortes. Obrigada pela visita. Beijos!

      Excluir
  4. Temos que lutar pelos nossos direitos, mas antes é preciso criar consciência política na hora do voto.
    Big Beijos
    Lulu
    http://luluonthesky.blogspot.com.br
    Obs: Já se inscreveu no nosso sorteio ?

    ResponderExcluir
  5. Concordo Lulu. Vamos ver se surge um sangue novo e não um bilhete vencido como a gente vê sempre nas urnas nao é? Ja participei de sua pesquisa. Bjos e obrigada.

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.