10 dezembro 2010

Prova de fogão.


Hoje fiz uma prova de conclusão de curso de gastronomia. Pensei que seria uma tarefa inglória. Tinha me informado que são colocadas matérias primas em diferentes mesas, dividindo carne vermelha, aves e peixes como numa feira livre. E que as pessoas são sorteadas para lidar com isso ou aquilo. Eu sabia que se eu "caísse" com cordeiro ou vitela iria ser uma lástima, por que apesar de eu fazer sem problemas algumas coisas sem provar, é basicamente uma obrigação de quem cozinha para um outro comer, provar para saber se está gostoso, saudável, palatável, se os ingredientes estão frescos, se nao se errou no sal ou em alguma outra medida.
Enfim, cordeiro e vitela sao filhotes. Considero uma tarefa beeemm dificil comer carne vermelha. Só fiz esse sacrificio naquela história do colesterol que contei aqui. Mas comer carne de filhotes de boi, carneiro ou de qualquer outro animal está fora de cogitação para mim.

Os critérios felizmente foram outros e nem vou falar como foram ou deixaram de ser por que ainda existem 3 turmas para fazer a prova, e caso alguém dessa escola esteja passeando pela internet à cata de alguma informação, prefiro não ser eu a estragar a surpresa. Por que tudo no final das contas é uma diversão, até o nervosismo perante o desconhecimento do que há de ser.

Vou dizer com muita franqueza que fiquei muiiiiiiiiiiito feliz de ter conseguido concluir esse curso. Tento faze-lo desde quando começou a primeira turma, há uns 10 anos atrás. Eu fazia uns cursinhos avulsos nessa escola, e queria muito cursar o de chef. Fui até uma super incentivadora para que o curso acontecesse, por insistencia. Mas sempre trabalhei demais e não havia tempo. Depois minha filha era pequena e o tempo que eu dispunha livre era para ficar com ela e nada mais.
De lá pra cá minha vida mudou muito. Mas nunca nesse quezito de me esfolar de tanto trabalhar. A única diferença agora é que mudei de profissão e estou novamente correndo atrás de um lugar ao sol, de preferencia um bom lugar. Pelo tempo de trampo que eu já tenho no meu curriculo era para eu estar aposentada penso eu, desfrutando de uma vida beeem traquila. Até por que a minha saúde demanda isso. Mas como é preciso fazer de um limão uma limonda, trato de fazer a minha caprichada. De preferencia muito caprichada mesmo.
E assim concluí um curso de gastronomia. Foi um sacrificio? Foi. Muitas vezes tive que faltar as minhas aulas e
repor em horários à noite, tornando o meu dia ainda mais cheio de horas. Mas valeu. Assim como valeu ter feito as faculdades dessa vida.
Agradeço a minha filha querida, Anna, que me deu um apoio imenso, não só provando e achando ma-ra-vi-lho-so até quando era arroz com ovo. Como também por ter ido a algumas aulas comigo, por ter se interessado e incorporado à vida dela esses novos conceitos. Mostrando com clareza que esse tempo a mais fora de casa, não a aborrecia, mas ao contrário esse meu curso a enchia de orgulho e encantamento.
Não sei se algum dia vou conseguir um trabalho nessa área que já está tão ocupada por pessoas mais jovens, mais talentosas, mais competitivas do que eu. Mas estou realizando um sonho de ser como as minhas avós Paula e Amanda que mandavam muito bem na culinária. Elas foram um exemplo para mim em termos de amor a essa arte. E minha mãe e minhas tias Laninha e Herminia são exemplos de perseverança, talento e capacidade de recomeçar , renascer, reinventar-se nas profissões e na vida.

Uma vez falei brincando para meu antigo analista: da mesma forma que você toca maravilhosamente seu piano, eu piloto um fogão com gosto. ( Mas confesso que não tinha nenhum tempo para isso). Hoje minha vida me obriga a estar perto das panelas. E arranjo tempo por que é necessário. Espero viver bastante para fazer os doces do casamento de meus dois filhos. Isso é a renovação da esperança. Todos os dias um bom motivo para estar nessa Terra, nesse plano, nessa existencia. Sempre aprendendo. Bom final de semana para você!

(Imagem retirada do site Fotosearch para este blog sem fins comerciais)

9 comentários:

  1. Aprender nunca é tarde nem demais Camille.
    Adoraria fazer um curso desse também, mas sempre moro em cidades pequenas que não oferecem muita coisa.
    Sou frustrada por não conseguir fazer curso de corte e costura, mesmo sempre trabalhando fora, faz muita falta. Só sei fazer costura reta. rsrs

    Parabéns pela conclusão do curso.

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  2. Cam,
    Parabéns !!! Fico muito feliz que tenha conquistado esse curso tao sonhado ... Um grande beijo, Fa.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns por mais esta conquista, Cam! Fico feliz em ver vc realizando um sonho.
    Bjs e bom final de semana p vc tb.

    ResponderExcluir
  4. Camille, quem sabe quando vc ja nao exercer a sua profissao principal, nao será uma Chef de cozinha?

    Nunca se sabe..e aprender, nunca é demais...
    Eu, muita gente dizia que era loucura, parar um ano e estudar fotografia. A vida mostrou que nao...
    Sei que minhas fotos têm um quË DE DIVINO, PARA MIM, POR QUE , MUTIAS DELAS NEM ACREDITO QUE FACO, MAS, SAO FRUTOD E MUITO ESTUDO

    ResponderExcluir
  5. Vou te contar um segredo, em 2002 quando voltei pra SP - pensei em fazer um curso de gastronomia, quase fiz a matrícula. Mas no local do curso estava tento um curso de alquimia. Adivinha quem dançou? rs
    Mas não me arrependi porque lidar com alquimia dos elementos me fez ousar na cozinha. Então não me arrependi.
    Eu não sabia que você era meio vegetariana. rs Legal, também não como carne. Não suporto nem o cheiro. Enfim, coisas da Lu.
    Bacio carissima e uma linda semana pra você.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, logo logo, seus sonhos se realizarão com sucesso

    =)

    ResponderExcluir
  7. que bacana esse post!
    minha irmã acabou a faculdade este ano de gastronomia. voltou a estudar, agora que os filhos cresceram. e ela tá feliz da vida.

    imagino que fazer o curso não foi fácil, muita coisa a aprender, o tempo de menos, etc. então parabéns pelo seu esforço, por sua garra.

    vc tem jeito de fazer tudo com muito amor e capricho, por isso até o arroz com ovo é gostoso.

    e sim, já treine para os doces dos casamentos dos filhos!

    nunca deixe esse espírito de aprender coisas novas morrer em vc. é garantia de uma mente saudável, longe da depressão e do desânimo.
    adorei o post, acho que incentivou muita gente que guarda sonhos e ambições mas nunca tentou por em prática.

    bom dia

    ResponderExcluir
  8. que delícia em todos os sentidos. parabéns. beijos, pedrita

    ResponderExcluir
  9. Que legal Camile! Não sabia que fazia gastronomia! Sucesso pra vc! beijos,

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.