26 agosto 2008

Projeto Quixote e a realidade das crianças que se drogam nas ruas.

Hoje através de uma palestra, tomei contato com o projeto Quixote, sediado em São Paulo, na rua dos Ingleses. Ali se desenvolve um trabalho multidisciplinar, onde, no dizer dos palestrantes, independente de profissão ou cargo, todos são educadores, dos psicólogos a moça que serve o lanche. Onde cada qual se questiona profundamente do seu papel social e como exerce-lo de forma a ajudar crianças e adolescentes que vivem nas ruas se drogando a encontrar um rumo. Foi bonita a forma deles falarem e se situarem, os palestrantes. Um falava por metáforas: da pele, dos muros, do tempo, para mostrar fronteiras, barreiras, entre o eu e o outro. Apresentou fotos do Carandiru, onde fizeram um belíssimo trabalho de pintar ao mesmo tempo a comunidade, , os muros por fora, e os presos, por dentro. Mostrou os diversos auto-retratos de Rembrandt em fases distintas de sua vida, dando a perceber quantas pessoas o tempo fez com que ele se tornasse. Têm repertório esses moços. A outra, falou da maternagem que é preciso exercer diante de mães que espancam, por que nunca tiveram elas mesmas, noção do que seja amor. Falou também da necessidade de se sentir parte, pertencer, antes de se dar ao direito, a oportunidade de desejar. Tudo isso era o olhar de pessoas que trabalham naquele projeto especifico, o projeto Quixote. Mas gostei de embarcar por algumas poucas horas naqueles pontos de vista. É bom conhecer gente que está botando a mão na massa para ter um mundo melhor. Fazendo a sua parte, como diria o Betinho, numa remota campanha contra a fome no Rio de Janeiro, onde também usava uma metáfora, a do beija-flor que tenta apagar o incêndio. Fiquei com saudades de uma época que eu tinha tempo, me disponibilizava ao trabalho voluntário, por puro idealismo, ah nem tanto. Também por vontade de conhecer. Termino aqui essa história sem fim, dizendo que Ivaldo Bertazzo, o grande coreógrafo, também esta nesse projeto Quixote, ensinando que todo mundo pode encontrar seu ritmo, sua dança. Acho sensacionais pessoas como ele, como Ilo Krugli, que sempre fizeram a sua arte se mesclar com as necessidades da comunidade. Tiro meu chapéu para este espetáculo que é cada projeto, cada vontade, cada um que dá um pouco de si para o todo. Aplaudo comovida.

11 comentários:

  1. Que legal Cam. Acho que a gente pode ser sempre um beija flôr. Cada menino e menina de rua deve ter uma história de vida incrível. El@s precisam de muito amor, com certeza. Boa semana!!

    ResponderExcluir
  2. Olha eu nao sei nem o que dizer... um sentimento dubio me vem no coracao... coracao pq essas coisas brotam lá. Já dei meu suor e sangue em tantos projetos sociais pl secretaria de educacao do meu estado. Nao é só o que vc viu... a gente precisa brigar tanto, mas tanto pra colocar o que se vê pra funcionar que por vezes nos perdemos no caminho... eu tô perdida aqui, como vc vê1 hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Cada história um projeto, cada ação uma reação, força para mudar, garra de leão no balde do beija-flor, assim somos nós, diante tanta desgraça, um pouco é muito.

    Também aplaudo, de pé!
    lindo dia flor
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Camille!

    Sorry, mas quando vi eu recadinho já tinho colocado o "post sem idéias" no ar... mas fica a promessa, combinado?

    Pedido: Se for mudar algo no seu layout, por favor, não tire as flores do fundo: elas são o perfume de seus escritos.

    beijos menina, ótimo dia.

    PS: Para tirar as letrinhas de confirmação faça o seguinte:

    - Clique em Painel, depois clique em Configurações,

    - Dentro de Configurações clique na aba Comentários,

    - Quase no fim da página existe uma opção: "Exibir uma confirmação de palavras para os comentários?"
    É só clicar NÃO !

    - E as letrinhas chatas sumirão!

    beijos again.

    ResponderExcluir
  5. Menina, te respondi lá.
    Concordo com vc sobre TPM, é pura discriminação.,as as mulheres tb usam com desculpa. Tb trabalhei anos a fio, sustentei casa, filhos, sou mulher decidida, sei me cuidar e menstruava todos os meses. Agora não, estou tomando hormônios pela menopausa.
    Eu admiro estas pessoas dos projetos, tenho este sonho- aqui só encontrei grupos que não foram a frente, infelizmente.Quem sabe um dia...
    Bjs Laura
    Este Bertazzo é um barato.
    Tem o projeto do Dimenstein tb que é ótimo.

    ResponderExcluir
  6. zany(zany.zip.net)22:22

    Cam, esses projetos que tem como fundamentação a preocupação com a infância e adolescência perdidas no mundo obscuro das drogas, deveriam merecer toda atenção, não só do público em geral, mas principalmente dos detentores do poder, que podem e devem fazer algo pra salvar as nossas crianças.Bjs!!

    ResponderExcluir
  7. Camilie, bonito mesmo este projeto. É bom descobrir que ainda existe gente que se preocupa e faz por onde. Obrigado pela visita a meu blog. O comentário é super-pertinente. E quanto a questão de quem escreve... bem, acho que faz parte do mistério do meu blog. Digamos que Isa é um alterego meu, que sou jornalista e publicitário (risos). Beijos e bom fim de semana. Parabéns pelo seu blog.

    ResponderExcluir
  8. Camille querida, acho lindo esse tipo de trabalho. Já o fiz, e faço de novo se necessário, se sentir alguém precisando ao meu lado.
    Prá atitudes assim, sim eu tiro meu chapéu.
    Antes de me preocupar se as baleias ou tartarugas estão sendo salvas, se o planeta está sendo bem ou mal cuidado, se a água vai faltar, me preocupo com o agora, com gente, com o que as pessoas fazem com gente assim, que vive na marginalidade, e sofre.
    Lindo post.
    Beijos menina.

    ResponderExcluir
  9. Se cada um fizer a sua parte, com certeza teremos um mundo melhor em todos os sentidos.
    Seu aplauso com certeza espelha sua índole e suas atitudes também. Parabéns!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Cam,um lindo projeto e com certeza temos que aplaudir.São pessoas que acreditam na recuperação desses jovens.E você minha querida, tiro o chapéu pelos artigos que você escreve levando sempre informação importante aos visitante do seu blog.
    Um final de semana em paz.
    Beijos, Edna

    ResponderExcluir
  11. Camille,

    felizmente ainda existem pessoas que se doam em favor da comunidade. Projetos como esse que você menciona merecem mesmo o nosso aplauso e, se pudermos, o nosso engajamento.

    Beijos.

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.