01 outubro 2006

Urubus e Aspirinas. Um Brasil que comia e ainda come calango.

Ontem fui ver Urubus e Aspirinas. Sertãozão brasileiro, aquele da seca, da fome e da miséria mais braba, é o cenário. Um Brasil que a gente da cidade grande-como eu- não faz a menor idéia de como funciona ou como sobrevive. Ali onde o tempo parece inalterado, parado. E onde ainda assim se fica velho quase ao nascer. Na desesperança, na falta literal de horizontes, na falta de água que vira seca até para chorar e cria veios profundos nos rostos de quem vive lá.
Pois bem, o filme lindo. Não por que mostra essa miséria toda. Mas por focar com grande ênfase da câmera inclusive que está o tempo todo em cima dos personagens, a história de amizade entre um alemão fugido da guerra, uma pessoa que não quer lutar junto com os nazistas e um nordestino que nunca tinha saído de seu lugarejo natal, a cidade de "Bonanza" com "cinco casas e uma cruz" como ele a descreve. A relação humana transcende tudo. A cultura diferente, o cenário inóspito, os valores. O filme além de todos os outros, tem esse grande mérito, de mostrar a afetividade de que o ser humano é capaz de criar. É para assistir, impossível perder este filme. Não espere virar DVD, assista na telona, para ver melhor o enquadramento que o diretor escolheu, que é maravilhoso. Um super talento. Os atores ( estou sem a ficha técnica aqui, são muito muito muito bons- tanto o alemão , tão bonito , quanto o nordestino- esse então compõe o personagem como poucas vezes eu vi alguem fazer. Você pensa quase que é documentario de tanta veracidade que o cara passa. Parabéns para todos eles.
Com relação ao nosso país e nossos governantes, o filme se passa em 1942, em plena segunda guerra. Naquela época no nordeste, se comia calango para sobreviver a fome total. Hoje se come calango para sobreviver a fome total. O cenário continuao mesmo. A corrupção do páis que é que se expandiu ainda mais, de forma inimaginável.
Diante disso, aproveito para dizer: vamos tentar ter um segundo turno. Vote em alguém que você acredite que possa ajudar a imperar uma democracia mais consciente aqui. Para presidente, qualquer pessoa de bem que dê a chance ao Brasil de chegar ao segundo turno. Eu vou votar no PV como legenda e em Cristovão Buarque do PDT para presidente, com essa intenção. Poderia ser outra pessoa. A idéia é chegarmos a ter um segundo turno com candidato em segundo lugar mais votado para haver mais tempo de debate ético e avaliação do que está acontecendo.
Boa semana.

13 comentários:

  1. Oi Camille, obrigado por aparecer neste domingo. Voto no Rio. Cravei no Cristovão e PV para o Senado (nenhuma chance deste aqui). Para Federal, como o Gabeira já está eleito, procurei outro com perfil parecido. Estadual votei na legenda e Governador arrisquei a Juíza. A conferir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amigo, postagem de tanto tempo, do tempo que nao havia aqui espaço para resposta aos comentarios. Espero que esteja tudo bem com voce. E que o Brasil tenha melhor destino daqui para frente. Continuamos na mesma, e talvez um pouco mais conscientes. Bjoss
      Camille

      Excluir
  2. Oi Camille. Mais um filme para eu ver; pelo que você escreveu, o filme é muito bom.

    Espero que todo mundo tenha votado consciente hoje e se Deus quiser vamos ter um segundo turno.

    Um grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Stephanie, estamos agora em 2014, e vejo os comentarios de voces, de um tempo que nao havia espaço para responde-los no blog. Espero que votemos mais conscientes daqui para frente. Qual é o teu blog? Vou dar uma olhada. bJOSSS

      Excluir
  3. Vou ver qdo tive oportunidade, não est´passando aqui :(
    bj e obrigada pela sua visita gentil.
    Laura

    ResponderExcluir
  4. tudo igual, infelizmente!
    que o 2° turno acabe de vez com o da barba!
    bjs!!!

    ResponderExcluir
  5. A descrição desse filme me fez lembrar de um grande cineasta brasileiro: Wladimir de Carvalho.

    Os interesses mudam conforme as pessoas envolvidas.

    Boa semana! Beijus

    ResponderExcluir
  6. Preciso ver urgente, ainda mais depois que você recomendou...Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eu só espero que este segundo turno não traga baixarias na disputa pela esplanada.

    ResponderExcluir
  8. Camille, espero que você esteja recuperada do resfriado. Quando demoro muito a visitar os amigos , gosto de ler os posts anteriores e vi que você esteve bem doentinha.O caso da Gol, foi muito triste e o descaso das autoridades mais triste ainda. Acho que digo sempre, mais gosto imensamente desse maneira especial de você escrever. Estou pretendendo assistir o filme, sou nordestina e sei o quanto é sofrido o meu povo. Gostaria de entender porque você não vê os posts.Ainda bem que o da primavera você viu. Fique com as flores do cristalino e uma semana iluminada para você.
    Beijos, Edna

    ResponderExcluir
  9. Pois é Camille, eu também votei pelo 2º turno e agora vamos ver o que acontecerá. Preciso assistir a este filme, pois já li muito a respeito. Agora, assim que tiver chance, procure ver o filme do Betti, Cafundó, um bom filme e sobretudo uma ótima reconstituição de época. Bem realista.
    Abs

    ResponderExcluir
  10. Nos últimos dias ando tão sem tempo de me informar que nem sabia desse filme. Vou procurar, suas palavras me deixaram com água na boca. bjs!

    ResponderExcluir
  11. Já disse o Joãozinho Trinta, "quem gosta de pobreza é intelectual", mas como bom nordestino que já andou por essas veredas sertanejas, não consigo deixar de ver beleza naquelas caras sofridas e nas suas vidas simples e suadas. O filme, espero poder ver brevemente.
    Considere-se linkada.

    ResponderExcluir


COMENTE, DÊ A SUA OPINIÃO. Você é a pessoa mais importante para quem escreve um blog: aquela que lê, que gosta ou não gosta, e DIALOGA.
Bem vindas. Bem vindos. Você pode comentar, escrever seu nome e para facilitar, clicar na opção "anonimo", ou pode se inscrever e comentar. Acho a opção, que se coloca o nome e uma forma de contato, + a opçao anonimo, VALIDA. Grata e aguardo seu comentário.